Carreira

Globo abre inscrição para treinamento remunerado e aceita qualquer curso

Programa Assistentes de Produção da Globo não tem restrição de curso superior e aceita inscrições até o dia 22 de julho

Jornal Nacional da TV Globo: selecionados vão trabalhar no Rio de Janeiro (Instagram Cesar Tralli/Reprodução)

Jornal Nacional da TV Globo: selecionados vão trabalhar no Rio de Janeiro (Instagram Cesar Tralli/Reprodução)

DR

Da Redação

Publicado em 17 de julho de 2018 às 15h13.

A Globo seleciona profissionais para seu Programa Assistentes de Produção no Rio de Janeiro, que, além de remuneração, promove formação sobre os processos envolvidos na função. Com duração de seis meses, a iniciativa também oferece possibilidade de efetivação. Quem se interessar pode se inscrever até 22 de julho pelo site.

Na prática, o assistente de produção é responsável por executar as etapas previstas no planejamento logístico. Ou seja: atender demandas de produção, organizar as cenas a serem filmadas, as locações necessárias, providenciar autorizações, planejar transporte e acompanhar a preparação das gravações.

Caracterizado pela Globo como uma “uma porta de entrada” para o setor de entretenimento, o programa começa em agosto de 2018 e termina em janeiro de 2019. Durante a formação, os participantes recebem salário compatível com o cargo e benefícios, como vale-transporte, vale-refeição, plano de saúde e odontológico. Passados os seis meses, ao final da “jornada de aprendizado e treinamento”, os profissionais têm chance de conseguir trabalho fixo na emissora.

Requisitos para participar do Programa Assistentes de Produção

Quem quiser participar do Programa Assistentes de Produção da Globo precisa ter disponibilidade para atuar presencialmente nos estúdios, que ficam no Rio de Janeiro, durante os seis meses (agosto de 2018 a janeiro de 2019). Experiência em produção não é um requisito, mas um diferencial. No entanto, é necessário ter interesse genuíno na área e em seus processos.

Qualquer curso de graduação é aceito, contanto que o candidato tenha concluído ou esteja no último semestre. Conhecimentos de Excel e ter inglês intermediário são aspectos importantes. Não é obrigatório, mas é um ponto positivo ter carta de habilitação. Inscreva-se por aqui!

  • Este artigo foi originalmente publicado pelo Na Prática, portal da Fundação Estudar.
Acompanhe tudo sobre:Carreira jovemGlobovagas-de-emprego

Mais de Carreira

Fim das folgas na semana? Não para essa empresa que criou um feriado por mês até o fim do ano

3 frases que você deve evitar ao falar em público

5 profissões para quem gosta de marketing

10 profissões para quem quer trabalhar na área da saúde

Mais na Exame