Bússola
Acompanhe:
Um conteúdo Bússola

Renner tem primeira construção com selo de eficiência energética no Brasil

Selo criado nos anos 1990 na Inglaterra é um dos mais importantes do mundo para avaliação de edificações sustentáveis

Varejista aplicará critérios utilizados na certificação aos novos projetos a partir de 2023 (Marcos Gouveia/ Renner/Divulgação)

Varejista aplicará critérios utilizados na certificação aos novos projetos a partir de 2023 (Marcos Gouveia/ Renner/Divulgação)

B
Bússola

1 de novembro de 2022, 20h30

A Lojas Renner S.A. tornou-se a primeira empresa entre todos os setores da economia a obter a certificação BREEAM (Building Research Establishment Environmental Assessment Method) para uma nova construção no Brasil, do projeto à execução, exatamente um ano após ter sido a pioneira na abertura de lojas circulares no varejo do país, em outubro de 2021. O selo, criado no início dos anos 1990 na Inglaterra pela organização BRE Group, é um dos mais importantes do mundo na avaliação de edificações sustentáveis.

O BREEAM leva em conta a gestão do projeto e da obra, o consumo de água, a eficiência energética e a emissão de carbono, a saúde, o bem-estar e o acesso a meios de transporte sustentáveis para os usuários, a poluição provocada pelo empreendimento em seu entorno, o emprego de materiais ambientalmente menos impactantes ao longo da sua vida útil, a gestão correta dos resíduos e a inovação.

Em relação ao uso de água e à liberação de CO2, por exemplo, as reduções verificadas na loja foram de 58% e 8%, respectivamente, frente a obras convencionais. A redução no consumo de água corresponde a uma economia de aproximadamente 173.210 litros de água.

Inaugurada em março deste ano no shopping center ParkJacarepaguá, no Rio de Janeiro, a unidade certificada é uma das duas lojas circulares da Renner em operação e alcançou a classificação “excelente”, com um escore de 81,7% na média de oito indicadores. O desempenho superou a previsão inicial da própria companhia, que era de 75%.

Antes da certificação, o prédio que abriga a sede administrativa e quatro pontos de venda da marca já havia recebido, desde 2014, outro selo internacional de sustentabilidade na construção civil, o LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), no nível “Gold”. Um deles é a primeira loja circular da Renner, no shopping Rio Sul, também no Rio de Janeiro, na categoria projeto de reforma. Os demais foram enquadrados como obras novas em shoppings e em lojas de rua.

Agente de transformação

“A nova certificação reforça o papel da Lojas Renner como agente transformador do varejo no país, pois revalidamos as normas da auditoria para o mercado local e agora elas podem ser seguidas mais facilmente por todas as empresas brasileiras que desejarem obter o reconhecimento. Além disso, capacitamos fornecedores de materiais e serviços e ampliamos os conhecimentos sobre construções sustentáveis que serão empregados em nossas novas lojas”, diz a diretora de Arquitetura, Engenharia e Expansão da companhia, Alessandra Shargorodsky.

Os certificados BREEAM e LEED são ainda ferramentas complementares no aprendizado da Renner sobre as melhores práticas de sustentabilidade na implantação de novas unidades, sejam elas construídas ou reformadas. Enquanto o BREEAM tem foco especial sobre aspectos relacionados à circularidade de materiais, por exemplo, o LEED dá grande atenção aos níveis de ecoeficiência apresentados pelos empreendimentos auditados.

Lojas circulares

O resultado obtido na avaliação da unidade no shopping ParkJacarepaguá deveu-se, em grande medida, às características originais das lojas circulares da Renner. Elas incluem desde o reaproveitamento e o descarte adequado de materiais, a manutenção de espaços verdes com plantas e elementos naturais até a economia de energia com utilização de fontes renováveis e a redução do consumo de água, da geração de resíduos e das emissões.

Até o fim deste ano mais dois pontos de venda serão abertos no mesmo modelo, em Petrópolis (RJ) e em São Vicente (SP), e a partir de 2023 todas essas premissas, assim como as consideradas pelos selos BREEAM e LEED, serão aplicadas a todas as novas unidades da varejista.

Evolução alinhada aos compromissos públicos de sustentabilidade - A incorporação desses parâmetros aos novos projetos está em linha com o ciclo de compromissos públicos de sustentabilidade da Renner até 2030. Entre eles estão a adoção de soluções climáticas, circulares e regenerativas para promover uma operação mais sustentável e oferecer aos clientes opções de consumo consciente.

Esta jornada inclui a aplicação dos princípios de circularidade no desenvolvimento de produtos, serviços e modelos de negócio e a ampliação de processos responsáveis como economia de água e a transição energética da cadeia de fornecimento. No ciclo encerrado em 2021, a companhia alcançou o marco de 100% do consumo corporativo de energia suprido a partir de fontes renováveis de baixo impacto (solar, eólica e pequenas centrais hidrelétricas), ante a meta de 75% fixada em 2016.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

VEJA TAMBÉM:

Últimas Notícias

ver mais
/asbz e Prado Vidigal anunciam parceria focada em direito digital
Bússola

/asbz e Prado Vidigal anunciam parceria focada em direito digital

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Análise do Alon: O gato escaldado
Bússola

Análise do Alon: O gato escaldado

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Veja como se tornar um líder triple A
Bússola

Veja como se tornar um líder triple A

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
O que esperar da mobilidade urbana em 2023
Bússola

O que esperar da mobilidade urbana em 2023

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
icon

Brands

ver mais

Uma palavra dos nossos parceiros

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais