Um conteúdo Bússola

PIB e Caged trazem alento, mas trimestre na economia deve ser fraco

Volta do auxílio emergencial em abril deve trazer melhora, e retomada do mercado de trabalho talvez amorteça efeitos negativos
 (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
(Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Por Alon Feuerwerker*Publicado em 16/03/2021 16:10 | Última atualização em 16/03/2021 16:48Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Em meio às más notícias dos números crescentes de casos e mortes pela covid-19, os últimos dados da economia trazem algum alento, ainda que nem de longe compensem a trágica perda de vidas. Ontem, a prévia de crescimento do PIB de janeiro, segundo índice projetado pelo Banco Central, ficou em 1,04%, bem acima das previsões do mercado.

E hoje os números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do primeiro mês do ano foram recorde positivo.

As previsões, entretanto, continuam sendo de resultados fracos no trimestre que acaba daqui a duas semanas. A expectativa é que melhorem com a volta do auxílio emergencial em abril. E os dados de janeiro, numa hipótese otimista, podem indicar que a retomada do mercado de trabalho talvez amorteça o efeito negativo da queda do valor do auxílio.

Aguardemos. Do Caged de hoje, ressalte-se a boa criação de empregos na indústria. O dólar a quase 6 reais é ruim para as importações e para a inflação, mas é bom para a substituição de importações e para as exportações. Ganham as commodities e a indústria. O que é crise para uns é oportunidade para outros.

*Alon Feuerwerker é analista político da FSB Comunicação

Siga Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter  |   Facebook   |  Youtube