Bússola
Um conteúdo Bússola

Novo app de alfabetização para alunos com dislexia chega à escola pública

O EduEdu Escola, do Instituto ABCD, será direcionado ao aprendizado dentro da sala de aula e funcionará como um recurso para auxiliar crianças com dificuldades de ler e escrever

Recurso auxilia crianças com dificuldades de ler e escrever (Lailson Santos/EXAME.com/Divulgação)

Recurso auxilia crianças com dificuldades de ler e escrever (Lailson Santos/EXAME.com/Divulgação)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 3 de julho de 2023 às 15h00.

Última atualização em 3 de julho de 2023 às 15h58.

O Instituto ABCD, organização social sem fins lucrativos, anunciou o inicio da fase avançada de desenvolvimento do EduEdu Escola, a nova versão do EduEdu, aplicativo gratuito de alfabetização e reforço escolar com soluções tecnológicas acessíveis, que já bateu a marca de 2,2 milhões de downloads no Google Play Store. 

Em formato totalmente adaptado para o uso em ambiente escolar, o EduEdu Escola será direcionado ao aprendizado dentro da sala de aula e vai funcionar como um recurso para auxiliar crianças com dificuldades de ler e escrever. A nova versão da continuidade à missão do Instituto ABCD, que promove e dissemina conhecimentos que impactam positivamente a vida dos brasileiros com dislexia.

Desenvolvimento do app

Para avançar para a próxima etapa, o Instituto reforça o convite às Secretarias de Educação para participarem dos programas de teste e avaliação da ferramenta. De acordo com Juliana Amorina, presidente do Instituto, “a participação no teste vai permitir o acesso a uma solução inovadora de recomposição da aprendizagem que vai colaborar para aprimorar o desempenho dos estudantes do ensino fundamental I. Além disso, o Instituto ABCD poderá aprender com essa experiência e tornar a ferramenta ainda mais específica para as demandas identificadas”. 

As secretarias poderão fazer as inscrições até o dia 10 de julho e a seleção das escolas participantes deve ocorrer até o final deste mês. A aplicação dos testes do EduEdu na Escola ocorrerá até dezembro de 2023. Para se inscrever, basta acessar o link:

Gamificação e atividades personalizadas

Lançado em 2019, o EduEdu conta com mais de 2.2 milhões de alunos inscritos. O aplicativo reúne avaliações e material didático de língua portuguesa para crianças que estão entre o 1º e 3º ano do ensino fundamental, e também atende os anos finais da educação infantil, crianças de 4 e 5 anos, contribuindo para o desenvolvimento de alunos com dificuldade de aprendizado.

Após uma avaliação inicial, o EduEdu identifica as áreas que a criança precisa de apoio e desenvolve atividades personalizadas para cada uma. Além de acompanhar a evolução do usuário, também monitora o seu processo, gerando novas atividades quando necessário.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Constanza Hummel: É possível aprender enquanto trabalha?

Enem: Como se planejar para a prova?

Faturando R$ 6 mi, empresário lança primeiro metaverso de educação no país

Acompanhe tudo sobre:EducaçãoInovaçãoempresas-de-tecnologia

Mais de Bússola

SOS RS: Betano e Atlético Mineiro se unem e vendem 46 mil ingressos a R$ 10 para ajudar vítimas

Maria Rita: a igualdade de gênero cresce lentamente e isso incomoda 

O que são data centers e qual é a sua importância em tempos de crise?

José Antônio de Figueiredo: 5 anos de conteúdo local e uma verdadeira orquestra brasileira 

Mais na Exame