Bússola
Acompanhe:
Um conteúdo Bússola

Infracommerce registra crescimento de GMV faturado de 28% na Black Friday

Categorias mais procuradas foram vestuário, esportes, lazer, alimentos e bebidas

Mercado, no mesmo período, sofreu retração de 23% (VioletaStoimenova/Getty Images)

Mercado, no mesmo período, sofreu retração de 23% (VioletaStoimenova/Getty Images)

B
Bússola

6 de dezembro de 2022, 20h15

A data mais aguardada do ano para o comércio brasileiro, a Black Friday, vem criando nos últimos anos uma grande expectativa de crescimento de vendas. Esse ano, somava-se a tal expectativa os potenciais resultados com a realização simultânea da Copa do Mundo da Fifa.

As marcas que se prepararam com antecedência e optaram pelo modelo direct to consumer (D2C) tiveram bons resultados. Isso é comprovado pelos 28% de crescimento de GMV, volume bruto de merchandising, entre os dias 24 e 27 de novembro, da Infracommerce que reúne as principais marcas de DTC (vendas diretas ao consumidor) no Brasil dentro do seu ecossistema. E durante a semana “Black Week”, a Infracommerce registrou crescimento de 36% do GMV, quando comparado ao ano anterior.

As categorias mais procuradas foram vestuário, esportes, lazer, alimentos e bebidas. E entre as principais razões deste crescimento da Infracommerce destacam-se a aceleração de novas marcas em diversos segmentos no mercado, que concentraram esforços em seus canais diretos ao consumidor, o que explica o desempenho superior do canal e da Infracommerce.

“Na Black Friday nosso objetivo era alavancar as vendas e podemos comprovar que nossa expertise dentro do e-commerce, ajudando as marcas a terem uma boa performance no seu D2C, foram essenciais para melhores resultados. O consumidor quer ter a melhor experiência, e a Infracommerce consegue através do seu ecossistema tornar a marca competitiva digitalmente e entregar uma experiência comparável a grandes marketplaces.” declara Fábio Fialho, CMO da Infracommerce.

As empresas que atuam no B2B, até pouco tempo, não viam no e-commerce um modelo para alavancar suas vendas, mas isto já é passado.

Assim como as indústrias que visam os consumidores finais, as companhias que têm suas vendas voltadas a outras empresas e, adicionalmente, confiaram suas marcas no ecossistema Infracommerce, também tiveram um crescimento: 27% em relação ao ano anterior, no mês de novembro.

“As empresas conectam todas as suas operações e têm visibilidade do que ocorre, diariamente, em todos os seus canais de vendas. Com isso, nós auxiliamos as indústrias a estarem mais focadas em seu core e juntos desenvolvemos estratégias para que o ganho dessas marcas esteja sempre em expansão”, diz Guido Carelli, vice-presidente de B2B.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

VEJA TAMBÉM:

Últimas Notícias

ver mais
Glaucia Guarcello: Em terra de AI, quem tem humanidade será rei
Bússola

Glaucia Guarcello: Em terra de AI, quem tem humanidade será rei

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
/asbz e Prado Vidigal anunciam parceria focada em direito digital
Bússola

/asbz e Prado Vidigal anunciam parceria focada em direito digital

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Análise do Alon: O gato escaldado
Bússola

Análise do Alon: O gato escaldado

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Veja como se tornar um líder triple A
Bússola

Veja como se tornar um líder triple A

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
icon

Brands

ver mais

Uma palavra dos nossos parceiros

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais