• AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
  • AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
Abra sua conta no BTG

Como as viagens de carro no verão podem transformar seu negócio?

A retomada das atividades nas ruas já é uma realidade, e, com o aumento das compras nas lojas físicas, o comércio começa a dar bons sinais de otimismo
Dos brasileiros, 62% revelam que viajar é seu maior desejo neste momento, aponta pesquisa (Getty Images/AnyVidStidio)
Dos brasileiros, 62% revelam que viajar é seu maior desejo neste momento, aponta pesquisa (Getty Images/AnyVidStidio)
Por BússolaPublicado em 29/12/2021 17:00 | Última atualização em 29/12/2021 17:37Tempo de Leitura: 5 min de leitura

Por Alan Costa*

A chegada do verão 2021 não será marcada apenas pela forte presença do sol mas também pelo desejo das pessoas de aproveitar a época mais quente do ano para viver novas experiências.

A retomada das atividades nas ruas já é uma realidade, e, com o aumento das compras nas lojas físicas, o comércio começa a dar bons sinais de otimismo.

Se, no pico da pandemia, as saídas eram motivadas apenas por necessidades básicas e essenciais, como ir à farmácia, ao supermercado e ao trabalho, quando presencial, agora, com o avanço da vacinação e a queda no número de infectados no Brasil, as razões que levam as pessoas a saírem às ruas ganharam fortes tons afetivos, potencializadas pelo desejo de estarem entre familiares e amigos.

Isso é o que demonstra o resultado da pesquisa 'Pleasure Mode On’, realizada pela agência de pesquisa de tendências em consumo Box 1824. De acordo com o levantamento, 62% dos brasileiros revelam que viajar é seu maior desejo neste momento, e, desses, 86% afirmam que desejam realizar suas viagens pelo Brasil, o que é um estímulo e tanto às empresas a fazer suas malas para embarcar junto.

Outro dado importante revelado pelo estudo é que as pessoas estão mais dispostas a viajar de carro, tendo em vista o valor sanitário que esse meio de transporte ganhou durante a pandemia.

Nesse contexto, eis que surge uma pergunta: como as marcas podem aproveitar o momento em que os brasileiros colocarão o pé na estrada e transformá-lo em oportunidades de negócio?

Primeiramente, é bom estarem atentas ao fato de que as oportunidades de negócio surgem, e devem ser aproveitadas, em três momentos distintos: antes da viagem, durante o trajeto e no destino escolhido. Se pensarmos apenas no setor de turismo, um dos mais afetados pela crise sanitária, essa época do ano é um convite às empresas do ramo a promover uma viagem inesquecível para quem se desloca de uma cidade para outra de carro.

Mas engana-se quem pensa que apenas o turismo pode lucrar nesse período. Outros setores também podem pegar carona nessas viagens, como o de farmácias, supermercados, lojas de conveniência, empresas de serviços automotivos, que podem vender produtos e serviços para esses consumidores antes de eles saírem de viagem.

Durante o trajeto, restaurantes, hotéis e postos de abastecimento têm grandes chances de aparecer como ferramentas úteis para ajudar esse consumidor a chegar seguro ao seu destino.

No destino final, as atrações locais, como passeios, bares, restaurantes, shows etc., podem embalar o viajante e ajudar a promover uma experiência única para ele.

Como as viagens de carro promovem momentos únicos, quem também começa a fazer roncar os motores são as plataformas de publicidade. Empresas como Google, Waze, YouTube e Facebook, que usam segmentação por geolocalização, tornam-se fortes aliadas para ajudar as marcas a conversar com esse público em todas as etapas do trajeto.

Um bom exemplo disso é o caso de uma empresa automotiva, que pode ser encontrada por pessoas que procurem no Google por serviço de revisão de carro, ou até mesmo aparecer no YouTube para aqueles usuários que pesquisem sobre as melhores rotas de viagem para determinada região.

Já, no momento em que o viajante estiver em trânsito, uma boa ideia pode ser veicular no Waze um banner de restaurante, de posto de gasolina ou até mesmo de farmácia, para aparecer para o motorista que estiver utilizando o aplicativo nas proximidades dos estabelecimentos.

Ao chegar ao destino escolhido, o consumidor poderá ser surpreendido por um anúncio no Instagram de uma empresa que ofereça passeios turísticos incríveis naquela cidade. Essa pode ser uma boa sacada para quem trabalha no setor. Além de bem contextualizada, a ação pode ser vista como uma maneira cortês de a cidade receber seus convidados.

Além disso, essa etapa da viagem abre brechas para outra disciplina do marketing, o marketing de influência. Segundo a pesquisa, os viajantes desejam receber dicas de lugares para visitarem quando chegarem ao destino, e não há ninguém melhor para executar essa tarefa do que os próprios nativos.

Necessidades como essa podem ser uma ótima chance para influenciadores digitais do ramo do turismo aparecerem e estabelecerem um diálogo com os viajantes, ajudando-os, de forma autêntica, com dicas úteis nesse momento de decisão.

Entender os motivos que influenciam na escolha de uma viagem ajudará as marcas a alinharem seus esforços de comunicação para fazerem parte da experiência desses consumidores.

No entanto, uma das grandes chaves para vender em datas sazonais é ter o timing certo. Estarem atentas a cada uma das etapas e prontas para aparecerem no momento correto levará as empresas não só a venderem seus produtos, mas também, ao embarcarem nas viagens de seus clientes, tornarem-se parte de suas histórias.

*Alan Costa é publicitário, CEO e fundador da Produzindo Digital, empresa especializada em vendas pela internet

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedIn | Twitter | Facebook | YouTube