Um conteúdo Bússola

Bússola LIVE – A importância dos benefícios corporativos na pandemia

Webinar na 4ª, às 12h, debate mudanças trazidas pela Covid para as relações de trabalho e as adaptações dos benefícios às novas demandas dos colaboradores
Webinar na 4ª, às 12h, debate mudanças trazidas pela Covid para as relações de trabalho e as adaptações dos benefícios às novas demandas dos colaboradores (Stefan Tomic/Getty Images)
Webinar na 4ª, às 12h, debate mudanças trazidas pela Covid para as relações de trabalho e as adaptações dos benefícios às novas demandas dos colaboradores (Stefan Tomic/Getty Images)
R
Rafael Lisbôa

Publicado em 31/01/2022 às 08:31.

Última atualização em 12/07/2022 às 13:31.

Entre as muitas mudanças trazidas pela pandemia está a nova relação com o trabalho. Com a chegada do coronavírus, que colocou em risco a sobrevivência de empresas e empregos, foi preciso se adaptar. O home office virou realidade para vários profissionais nas mais diferentes atividades, embaralhando os limites entre a casa e o escritório. Onde as atividades presenciais foram mantidas desde o começo, em especial nos serviços considerados essenciais, houve a adoção de protocolos sanitários rígidos para garantir a segurança das equipes.

Nesse cenário de incertezas, qualquer que fosse o modelo de trabalho, os colaboradores precisavam se sentir próximos das empresas. Nunca foi tão necessário que os gestores e as lideranças estivessem por perto, ainda que a distância, e se mostrassem disponíveis, mesmo que virtualmente. E, para isso, os benefícios corporativos são sempre de extrema importância.

Mas é preciso também que os benefícios se adaptem a essa nova realidade imposta pela Covid-19. Faz sentido auxílio de deslocamento para quem trabalha remotamente? E o vale-refeição, que só pode ser usado exclusivamente em restaurantes? Ou esse saldo com mobilidade e com alimentação fora de casa poderia ser usado em outra necessidade do trabalhador? Necessidades que se multiplicaram com a pandemia. Diante das crises sanitária e econômica, oferecer assistência médica e planejamento financeiro é, por exemplo, um grande diferencial para atrair e reter talentos.

Com a transformação da vida profissional nos últimos dois anos, como o mercado de benefícios pode atender mais efetivamente às demandas dos colaboradores? Como as empresas podem se aproximar mais dos seus times, investindo recursos em produtos e serviços que sejam da preferência deles? Quais são as categorias de benefícios do futuro?

Todas essas questões serão debatidas em webinar promovido pela Bússola, na próxima quarta-feira, 2 de fevereiro, às 12h. Participarão da live: Eduardo del Giglio, CEO e cofundador da Caju; Filipe Guerra, CBO e cofundador da Viziomed; e Matheus Assy, CRO e cofundador da Pilla. A moderação será feita por Rafael Lisbôa, diretor da Bússola.

Para assistir à live e enviar suas perguntas, inscreva-se aqui!

Assine os Boletins da Bússola

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedIn  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

Últimas lives:

Como proteger a saúde mental das dores emocionais da pandemia?

A política brasileira em 2022: certezas e dúvidas neste ano de eleições

Mercado de tecnologia em alta e a corrida por profissionais do setor