Um conteúdo Bússola

Amazonas recebe laboratórios para capacitar mão de obra em fibra ótica

Doação da Huawei visa atender demanda de expansão de infraestrutura de telecomunicações na região
200 tablets foram distribuídos para 23 escolas municipais em Parintins (Prefeitura de Parintins/Divulgação)
200 tablets foram distribuídos para 23 escolas municipais em Parintins (Prefeitura de Parintins/Divulgação)
B
BússolaPublicado em 19/07/2021 às 16:44.

A Huawei, doou quatro laboratórios para o Instituto Federal do Amazonas (Ifam), que serão utilizados em cursos de capacitação de mão de obra para atuar na instalação de fibra óptica (FTTH), visando atender a demanda de expansão da infraestrutura de telecomunicação para ampliar o acesso à internet de banda larga fixa. Em apoio ao ensino básico, a empresa também doou 200 tablets para a Secretaria de Educação de Parintins, que serão distribuídos para 23 escolas municipais das zonas rural e urbana da cidade.

Segundo dados do Instituto de Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Amazonas é um dos Estados com maiores índices de desemprego do país, com uma taxa superior a 16%. A parceria entre a Huawei e o IFAM será mais uma ferramenta de combate a essas estatísticas, por meio de cursos de capacitação gratuitos. Além, da capacitação de instaladores de fibra óptica, o Ifam também irá oferecer cursos gratuitos do Huawei ICT Academy para os alunos, que incluem capacitação em Cloud, IoT, Inteligência artificial e 5G para que eles também estejam aptos a trabalhar na indústria 4.0, impulsionando a transformação digital local.

O setor de telecomunicação é um dos que mais carece de mão de obra qualificada, havendo mais vagas que pessoas capacitadas a preenchê-las. Uma das consequências deste gap é a lenta expansão das redes de fibra óptica, que limita o acesso à internet de banda larga fixa. As regiões norte e nordeste são as que têm maior deficiência.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Veja também