Acompanhe:

Sebastião Melo vence Manuela D'Ávila e será novo prefeito de Porto Alegre

Um dia antes do primeiro turno, Melo estava em terceiro lugar na disputa, com 25% das intenções, e conseguiu dar um salto nas últimas semanas

Modo escuro

 (ALRS/Divulgação)

(ALRS/Divulgação)

L
Ligia Tuon

Publicado em 29 de novembro de 2020, 18h54.

Última atualização em 30 de novembro de 2020, 11h17.

Numa disputa cheia de reviravoltas, Sebastião Melo (MDB) venceu Manuela D'Ávila (PCdoB) nas eleições de 2020 e será o novo prefeito de Porto Alegre (RS). Com 97% das urnas apuradas, ele ficou com 54% dos votos, enquanto Manuela teve 45%.

Melo que, um dia antes da votação para primeiro turno, aparecia com 25% das intenções de voto, pela pesquisa Ibope de 14 de novembro, contra 40% de Manuela e 17% do atual prefeito da capital gaúcha, Nelson Marchezan Júnior (PSDB), conseguiu dar um salto nas últimas semanas.

Em pesquisa Ibope realizada na véspera, Melo e Manuela pareciam empatados tecnicamente, com 49% e 51% das intenções, respectivamente. Já na pesquisa realizada há uma semana, o número era trocado, com 54% para Melo e 46% para Manuela. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos

Melo ganhou votos durante a campanha, devido a alguns revezes sofrido pelo atual prefeito de Porto Alegre, que sofreu um pedido de impeachment, além de ter seu vice Gustavo Paim (PP), disputando a eleição numa chapa própria.]

Deputado estadual no Rio Grande do Sul pelo MDB desde 2019, Sebastião Melo foi vice-prefeito de Porto Alegre em governo do PTD de 2013 a 2016. Nos quinze anos anteriores, ocupou o cargo de vereador na cidade.

Nasceu em Piracanjuba, cidade do interior de Goiás, mas se considera porto-alegrense desde 1978, quando chegou à região. Filiou-se ao PMDB (antigo nome do MDB) anos após a sua chegada.