Brasil

Nova onda de frio chega ao País: saiba o que esperar do clima nos próximos dias

Frente fria começa este final de semana, mas ganha força a partir da sexta-feira que vem

Queda nas temperaturas: frente fria deve ficar mais intensa nos próximos dias (Cris Faga/Getty Images)

Queda nas temperaturas: frente fria deve ficar mais intensa nos próximos dias (Cris Faga/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 6 de julho de 2024 às 12h19.

As regiões Sul, Centro-Oeste e Sudeste devem enfrentar uma queda de temperatura a partir do final de semana por conta da chegada de uma nova onda polar. As informações são do MetSul, que alerta para possibilidade de geadas no Rio Grande do Sul.

A Climatempo, por sua vez, alerta que o ar frio de origem polar que vai começar a avançar pelo país a partir deste sábado, 6, mas vai ganhar um novo reforço a partir do dia 12 de julho, próxima sexta-feira.

A previsão é que a onda de frio no Sul do Brasil continue nos três estados da região, além do sul de São Paulo e grande parte de Mato Grosso do Sul.

Frio no Norte do País?

A expectativa da Climatempo é que o ar frio avance até o Norte do País, alcançando áreas de Rondônia, Acre e Amazonas – fenômeno conhecido como “friagem”.

“Vale destacar que o frio na Região Norte do Brasil é comum nesta época do ano e não deve ser uma queda tão acentuada e duradoura quanto em grande parte do Centro-Sul do país”, detalham os meteorologistas, em nota.

Além do Norte, grande parte do Centro-Oeste também irá passar por uma queda nas temperaturas. A cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul – que costuma ter máximas de quase 40° – deve ter máximas de até 20° e mínimas perto da casa dos 10°.

Acompanhe tudo sobre:ClimaFrio

Mais de Brasil

Auxílio Reconstrução no RS: governo prorroga prazo para prefeituras cadastrarem novas famílias

Eleições municipais: 101 deputados e 2 senadores são pré-candidatos a prefeito; veja lista

AGU pede que governo de Minas Gerais volte a pagar dívida de R$ 160 bilhões com a União

Em SC, chuvas elevam rio que corta Blumenau em 6 metros e município entra em estado de alerta

Mais na Exame