Nas redes sociais, Bolsonaro lamenta morte do músico MC Reaça

Tales Volpi, de 25 anos, ficou famoso por ter feito paródias em apoio à campanha eleitoral do atual presidente

São Paulo — O presidente Jair Bolsonaro lamentou neste domingo (02), por meio de suas redes sociais, a morte de Tales Volpi Fernandes, conhecido como MC Reaça

O músico, de 25 anos, que ficou famoso por ter feito paródias em apoio à campanha eleitoral do atual presidente, morreu neste sábado (01), em Valinhos.

No Twitter, Bolsonaro escreveu que o artista "tinha o sonho de mudar o país e apostou em meu nome por meio de seu grande talento". No Instagram, o presidente compartilhou o mesmo texto.

 

A família comunicou a morte de MC Reaça na página do cantor no Facebook, mas não informou a causa do óbito: "Um cara grande demais para um mundo tão pequeno", escreveu na publicação.

A reportagem tentou entrar em contato com a Polícia Civil de Valinhos para apurar mais detalhes mas não obteve resposta.

De acordo com o site de notícias G1, o corpo do músico foi encontrado no km 116 da Rodovia Dom Pedro. A Polícia Militar, que foi acionada até o local, indicou "possível suicídio".

Durante as últimas eleições, as músicas do MC Reaça foram alvos de inúmeros protestos por serem carregadas de comentários misóginos e sexistas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.