Maia diz que candidato à sucessão da Câmara deve ser definido até dia 15

A intenção é que os aliados de Maia possam reunir-se em torno de uma candidatura única, com o mote de independência da Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira que seu campo político deve definir um nome para a sucessão do comando da Casa até o dia 15 deste mês.

Dentre os nomes no entorno de Maia que podem disputar a presidência da Câmara estão os do líder da Maioria, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB); o líder do MDB, Baleia Rossi (SP); o vice-presidente da Câmara Marcos Pereira (PRB-SP) e os deputados Elmar Nascimento (DEM-BA) e Luciano Bivar (PSL-PE).

"Vou escolher nos próximos dias, dentro de um aliança que nós estamos construindo desde setembro, outubro, um nome, ouvindo todos os partidos que dela participam", disse Maia a jornalistas.

"O mais breve possível, acho que agora está mais do que na hora de escolher o nome. Até o dia 15, eu já tinha dito isso a todos", afirmou Maia.

A intenção é que os aliados de Maia possam reunir-se em torno de uma candidatura única, com o mote de independência da Câmara, em contraponto ao candidato do governo, o líder do bloco que ficou conhecido como Centrão, Arthur Lira (PP-AL).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.