Jornalista Décio Sá é assassinado no Maranhão

Sá era repórter da editoria de política do jornal O Estado do Maranhão e foi morto com seis tiros

São Paulo - O jornalista Décio Sá, de 42 anos, foi morto a tiros, por volta das 23h30 de ontem, segunda-feira, em São Luís no Maranhão, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado. Sá, que era repórter da editoria de política do jornal O Estado do Maranhão e, segundo o jornal, foi morto com seis tiros à queima roupa de pistola 40, arma exclusiva da polícia.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, o jornalista foi assassinado em um bar chamado Estrela do Mar, localizado na Avenida Litorânea, em São Luís. De acordo com informações preliminares da polícia, Décio Sá estava sozinho no local quando dois homens chegaram em uma motocicleta. Um deles entrou no estabelecimento e foi até o banheiro. Segundo a polícia, ao retornar o homem disparou seis tiros contra o jornalista, que estava de costas.

A SSP informa que quatro disparos atingiram o jornalista na região da cabeça e dois no tórax. Décio teria morrido na hora. O Governo do Estado lamentou, em nota, o ocorrido e afirma ter tomado providências para localizar e apreender o autor dos disparos e o outro homem que o acompanhava.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também