Hospital envia ao STF nome de médicos que avaliarão Genoino

Ontem o parlamentar condenado na Ação Penal 470 passou mal na Penitenciária da Papuda e foi transferido para o Instituto de Cardiologia do Distrito Federal

Brasília – O Hospital Universitário de Brasília (HUB) encaminhou na manhã de hoje (22) ofício ao Supremo Tribunal Federal (STF) com os nomes dos médicos que vão compor a junta médica responsável pela avaliação da saúde do deputado federal José Genoino (PT-S).

Ontem o parlamentar condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão, passou mal na Penitenciária da Papuda, em Brasília, e foi transferido para o Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (IC-DF), no Hospital das Forças Armadas (HFA).

A assessoria de imprensa do HUB não revelou o nome dos profissionais responsáveis pela avaliação médica de José Genoino. Segundo os assessores, que não tiveram acesso ao documento enviado ao STF pela diretoria do hospital, somente o Supremo poderá divulgar os nomes.

Genoino está entre os 11 condenados presos na Papuda. De acordo com o advogado de Genoino, Luiz Fernando Pacheco, a suspeita é que o parlamentar tenha sofrido um enfarto.

O IC-DF confirmou que o deputado foi internado no início da tarde. Boletim médico do hospital confirmou que o deputado passou por exames e dormiria no instituto para ficar sob observação. No entanto, não houve qualquer informação oficial sobre um possível enfarto, como disse o advogado de Genoino.

Segundo a defesa do ex-presidente do PT, informou que desde que ele foi transferido para Brasília, no sábado (16), o parlamentar tem passado mal. Segundo Pacheco, o estado de saúde do parlamentar “é bastante delicado e inspira cuidados”.

Para ele, a conclusão consta do laudo médico liberado no dia 20, pelo Instituto Médico-Legal (IML), da Polícia Civil do Distrito Federal.

De acordo com o advogado, o laudo do IML descreve a cirurgia cardíaca a que Genoino foi submetido quando retirou parte da artéria aorta. Também estão descritas no documento as recomendações de uso de uma série de remédios, como anticoagulantes.

O documento atesta que ele tem cuspido sangue nos últimos dias. Segundo a defesa, Genoino não tem condições de cumprir a pena de seis anos e 11 meses em uma penitenciária.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também