Brasil
Acompanhe:

Guedes não será secretário em SP, mas espero que possa ser conselheiro, diz Afif

Guilherme Afif Domingos (PSD) é coordenador de transição do governador eleito Tarcísio de Freitas (Republicanos)

Guilherme Afif Domingos (PSD) é coordenador de transição do governador eleito Tarcísio de Freitas (Republicanos) (Elaine Menke/Câmara dos Deputados/Agência Câmara)

Guilherme Afif Domingos (PSD) é coordenador de transição do governador eleito Tarcísio de Freitas (Republicanos) (Elaine Menke/Câmara dos Deputados/Agência Câmara)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 7 de dezembro de 2022, 11h49.

Última atualização em 7 de dezembro de 2022, 11h50.

Apesar da sondagem para que o atual ministro da economia, Paulo Guedes, ocupasse a secretária da Fazenda na gestão do governador eleito Tarcísio de Freitas (Republicanos) em São Paulo, o coordenador da transição Guilherme Afif Domingos (PSD) afirmou, ao Estadão/Broadcast, que o ministro não ocupará o cargo, e o responsável pela pasta deve ser anunciado ainda nesta quarta-feira (7).

Apesar de afirmar que o ministro não teria "paciência" para ocupar outra pasta, o coordenador disse tanto ele quanto Tarcísio ainda articulam uma possível participação de Guedes no gestão paulista como um conselheiro especial.

"Tenho conversado com ele, eu e o Tarcísio sobre uma forma de participação" disse. Para Afif é uma "judiação" que Guedes "um cara com essa bagagem", não receba o devido reconhecimento. Segundo Afif, o ministro tem um grande capital, e seria "um excelente conselheiro". "Não vem para ser secretário, mas espero que ele venha pra ser um conselheiro nosso", concluiu.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.