Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Em greve de 24 horas nesta terça-feira, 3, os funcionários do Metrô, da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) vão se reunir ainda hoje para definir a continuidade do movimento contra os projetos de privatização em discussão pelo governo Tarcísio de Freitas. A assembleia está marcada para às 18h30, na sede do sindicato dos metroviários. Uma votação deve definir os próximos passos dos grevistas.

Os trabalhadores exigem que o governo interrompa os processos de privatizações imediatamente, cancele os pregões de terceirização do Metrô e consulte a população por meio de um plebiscito sobre as entrega das empresas estatais à iniciativa privada. Eles afirmam que a concessão de linhas de transporte e da rede de água e esgoto vão piorar a qualidade dos serviços. E citam, como exemplo, o aumento das falhas nas linhas 8 e 9 da CPTM após a concessão à ViaMobilidade. Em entrevista coletiva nesta manhã, Tarcísio afirmou que o seu governo vai seguir com os estudos e classificou a greve como ilegal. 

Justiça do Trabalho já determinou que os trabalhadores da CPTM e Metrô devem operar com 100% do efetivo em horários de pico e 80% nos demais períodos. A decisão definiu que os horários de pico são os compreendidos entre 4h e 10h e entre 16h e 21h. Também ficou proibido a liberação de catracas. Em caso de descumprimento da determinação, “cada um dos sindicatos que representam os trabalhadores sofrerão multa diária de R$ 500 mil”. Como as linhas do Metrô não funcionaram e da CPTM operaram de forma parcial nesta terça-feira, os sindicatos devem ser multados. 

Impacto em São Paulo

A cidade registrou mais de 600 km de lentidão durante a manhã desta terça-feira. O rodízio foi suspenso e as administrações estadual e municipal decretaram ponto facultativo. Apenas as creches e escolas municipais e postos de saúde funcionam. Escolas da rede estadual estão fechadas.

Segundo boletim divulgado às 12, as linhas do Metrô não estão funcionando e a CPTM tem linhas com operação parcial ou fechadas. As linhas 4-amarela, 5-lilás, 8-diamante e 9-esmeralda funcionam normalmente -- -- elas são administradas pela iniciativa privada. 

Metrô

  • Linha 1- Azul: fechada
  • Linha 2- Verde: fechada
  • Linha 3-Vermelha: fechada
  • Linha 15- Prata: fechada

CPTM – em operação parcial desde às 5h

  • Linha 7- Rubi: de Caieiras a Luz
  • Linha 10- Turquesa: fechada
  • Linha 11-Coral: de Guaianases a Luz
  • Linha 12- Safira: fechada
  • Linha 13- Jade: fechada

Integrações abertas:

  • Linha 7-Rubi na Estação Barra Funda com a Linha 8-Diamante / Linha 11-Coral e 7-Rubi na Estação Luz com a Linha 4-Amarela.

Integrações fechadas:

  • As transferências com a Linha 3-Vermelha, na Barra Funda, e com a Linha 1 Azul, na Luz, continuam fechadas.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Governo lança poupança para estudantes do ensino médio; saiba como vai funcionar

Brasil

Governo lança poupança para estudantes do ensino médio; saiba como vai funcionar

Há 3 horas

Tebet sobre precatórios no STF: é medida fundamental para Brasil e é a tese do Planejamento

Brasil

Tebet sobre precatórios no STF: é medida fundamental para Brasil e é a tese do Planejamento

Há 4 horas

Greve em SP: Polícia e CPTM investigam aumento de atestados médicos de ferroviários

Brasil

Greve em SP: Polícia e CPTM investigam aumento de atestados médicos de ferroviários

Há 4 horas

STF mantém multa a Bolsonaro por reunião com embaixadores

Brasil

STF mantém multa a Bolsonaro por reunião com embaixadores

Há 5 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

ApexBrasil reúne investidores e governos em fórum no Itamaraty

ApexBrasil reúne investidores e governos em fórum no Itamaraty

Como a Suvinil tem reciclado o resto de tinta que você não usa

Como a Suvinil tem reciclado o resto de tinta que você não usa

Bastidores da produção sustentável do cacau viram série no Globoplay com Rodrigo Hilbert

Bastidores da produção sustentável do cacau viram série no Globoplay com Rodrigo Hilbert

Conheça o G10, conselho que reúne as maiores administradoras de condomínio de São Paulo

Conheça o G10, conselho que reúne as maiores administradoras de condomínio de São Paulo

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais