Governo homologa resultado de leilões de aeroportos

Leilões foram vencidos por consórcios formados pelas empresas Odebrecht Transport e CCR

São Paulo - A Secretaria de Aviação Civil (SAC) homologou o resultado do leilão dos aeroportos de Galeão (RJ) e Confins (MG) vencidos por consórcios formados pelas empresas Odebrecht Transport e CCR, respectivamente, segundo decisão publicada no Diário Oficial desta sexta-feira.

A licitação feita em novembro do ano passado, resultou na arrecadação de 20,8 bilhões de reais para o governo.

O consórcio formado pela Odebrecht e a operadora de aeroportos Changi, de Cingapura, venceu a disputa pelo Galeão com uma oferta de 19,018 bilhões de reais, enquanto o aeroporto de Confins foi arrematado pelo consórcio liderado pela CCR CCRO3.SA, com lance final de 1,82 bilhão de reais.

Antes de assumir a administração dos aeroportos, os consórcios ainda passarão por um período de transição com a estatal Infraero, responsável pela administração atualmente.

A Infraero será sócia minoritária dos dois consórcios com 49 por cento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.