Furto e venda ilegal são principais ocorrências no Maracanã

Pelo menos 25 cambistas foram encaminhados à delegacia e autuados

Rio de Janeiro - O furto de ingressos e a atuação de cambistas, com a venda ilegal de tíquetes, foram as principais ocorrências registradas neste domingo (22) na Delegacia Móvel do Maracanã, durante o jogo entre Bélgica e Rússia.

O balanço final ainda não foi divulgado, mas pelo menos 25 cambistas foram encaminhados à delegacia e autuados. Não foi registrada nenhuma prisão na unidade.

O panamenho Dimas Cardenas e seu amigo perceberam que um dos ingressos tinha sido furtado dentro do vagão do metrô.

"Só percebemos que o ingresso do meu amigo tinha sido furtado quando chegamos aqui na Estação Maracanã. Viemos à delegacia, mas nada foi resolvido", lamentou Dimas.

Com seu ingresso nas mãos, Dimas disse que, ao chegar à arquibancada, encontrado uma mulher no lugar que seria de seu amigo.

"Olhei para o ingresso e consegui ler o nome do meu amigo. A mulher ainda tentou esconder, mas eu já tinha lido. Procurei um segurança e um policial, e eles disseram que teríamos que esperar meu amigo entrar. Mas, sem ingresso, é claro que ele não entrou", destacou o panamenho, que comprou cinco ingressos para assistir à Copa do Mundo, no Rio de Janeiro.

Mais cedo, um casal belga foi detido e levado à delegacia porque tentou comprar ingresso de um cambista argelino. Eles disseram à polícia que eles haviam pago o preço impresso no bilhete, Mesmo assim, os policiais militares os encaminharam à delegacia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também