Estudantes fecham rua contra a reorganização escolar em SP

O protesto é contra a reorganização da rede estadual proposta pela gestão Geraldo Alckmin

São Paulo – Cerca de 50 estudantes ocupam três pistas na esquina da Rua Teodoro Sampaio com a Rua Henrique Schaumann, em Pinheiros, zona oeste da capital paulista, na tarde desta quarta-feira, 2.

O protesto é contra a reorganização da rede estadual proposta pela gestão Geraldo Alckmin (PSDB). Parte dos alunos é da Escola Fernão Dias Paes, ocupada desde o dia 10 de novembro.

Os estudantes colocaram carteiras na faixa de pedestres e impediam a passagem de motoristas que tentavam avançar o bloqueio. Alguns chegaram a bater boca com os estudantes, que só permitem que carros que seguem para o Hospital das Clínicas avancem.

Os alunos gritam “Isso aqui vai virar o Chile”, em referência à série de movimentos de estudantes que ocorreram recentemente naquele país. Por volta das 17h40, duas viaturas da Polícia Militar chegaram ao local.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.