Eleições 2022: Roberto Jefferson será pré-candidato ao governo do Rio

O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 29, em publicação nas redes sociais por Cristiane Brasil (PTB), filha do também ex-presidente do PTB
Condenado no caso do Mensalão, Jefferson já teve ligações com o PT (Pablo Valadares/Agência Câmara/Divulgação)
Condenado no caso do Mensalão, Jefferson já teve ligações com o PT (Pablo Valadares/Agência Câmara/Divulgação)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 30/06/2022 às 07:30.

Em prisão domiciliar por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), Roberto Jefferson será pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 29, em publicação nas redes sociais por Cristiane Brasil (PTB), filha do também ex-presidente do PTB. "Vai que é sua meu pai", postou a ex-deputada federal.

A pré-candidatura abre uma divisão na base bolsonarista no Rio. Atual governador do Estado, Cláudio Castro (PL) é o nome apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) na disputa pelo Palácio Guanabara.

Condenado no caso do Mensalão, Jefferson, outrora aliado do PT, fez uma guinada ao bolsonarismo nos últimos anos. Ataques ao STF o levaram a ser preso preventivamente em agosto do ano passado por ordem de Alexandre de Moraes, ministro da Corte. O magistrado atendeu a um pedido da Polícia Federal, que aponta o ex-deputado como integrante do núcleo política de uma organização criminosa que visa desestabilizar as instituições republicanas.

Veja também:

Pesquisa governo RJ junho: Castro tem 24%, e Freixo aparece com 23% das intenções de voto

França deve anunciar desistência do governo de SP e concorrer ao Senado