Eleições 2022: mais de 856 mil mesários voluntários e 155 milhões de eleitores

Neste ano, houve 29.260 pedidos de registro de candidatura. Em relação a 2018, houve aumento de 0,6% e a 2014, 11,84%
Os dados foram extraídos do site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que estão abertos para consulta (EVARISTO/Getty Images)
Os dados foram extraídos do site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que estão abertos para consulta (EVARISTO/Getty Images)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 21/09/2022 às 21:09.

Em um país de dimensões continentais como o Brasil, não é de se estranhar que os números das eleições estejam na casa dos milhares. No dia 2 de outubro, mais de 155 milhões de brasileiros estão aptos a comparecer nas urnas, onde 856 mil mesários voluntários estarão trabalhando.

Os dados foram extraídos do site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que estão abertos para consulta. Confira:

Candidatos

Neste ano, houve 29.260 pedidos de registro de candidatura. Em relação a 2018, houve aumento de 0,6% e a 2014, 11,84%.

Do total, 27.421 são candidaturas consideradas aptas. Outras 1.839, inaptas, seja por falecimento, renúncia ou indeferimento, por exemplo.

O partido com maior contingente de candidatos é o Partido Liberal (PL), com 1.618, seguido por União Brasil (1.546) e Republicanos (1.461). A sigla com menor número é a UP, que fez 68 pedidos de registro de candidatura.

A maior parte pleiteia uma vaga de deputado estadual. São 16.737 pedidos de registro para 1.035 cadeiras, com uma concorrência de 16,17 candidatos/vaga.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

As vagas mais concorridas são as de deputado distrital - que se referem aos representantes populares do Distrito Federal -, com uma relação de 25,42 candidatos/vaga. Foram 610 pedidos de registro para 24 cadeiras.

Para deputado federal, são 10.628 políticos que desejam concorrer a 513 vagas. Em relação às cadeiras no Senado, 243 pedidos de registro para 27 cadeiras.

A presidência da República é disputada por 13 candidatos. Para o governo das unidades federativas há 224 candidatos pleiteando 27 vagas.

Do total de pedidos de registro de candidatura, 1.323 buscam reeleição. Mais de 60% são deputados estaduais e 34%, federais.

Perfil dos candidatos

Dentro do universo dos pedidos de registro de candidatura, 66 12% identificam-se com o gênero masculino e 33,80%, feminino. Quase metade (48,20%) se declaram brancos. Pessoas amarelas representam 0,4%; indígenas, 0,64%; pardas, 36,11%; pretas, 14 11%.

Entre deferidos e indeferidos, houve 476 pedidos de registro de candidatura de pessoas com deficiência. Do total, 448 já foram habilitados pela Justiça Eleitoral e 28 tiveram o pedido indeferido. A maioria (264) informou possuir deficiência física. Deficientes visuais foram 115; deficientes auditivos, 59; e autistas, 13.

Eleitorado

Neste ano, 155.756.933 brasileiros estão aptos a comparecer nas urnas. O quantitativo representa uma expansão de 6% em relação a 2018, e 9,32%, a 2014.

As mulheres são a maior parte (52,39%) do eleitorado. Homens são 47,14%. A faixa etária com maior quantitativo de eleitores é a de 35 a 39 anos, com 16.044.847 votantes (10,26%).

Os três maiores colégios eleitorais do País são São Paulo (34.667.793), Minas Gerais (16.290.870) e Rio de Janeiro (12.827.296). Os três menores, Roraima (366.240), Amapá (550.687) e Acre (588.433).

Mesários

Para que a eleição deste ano aconteça, um contingente de 1.807.240 brasileiros trabalharão como mesários: 950.567 foram convocados; e 856.673 se voluntariaram.

Mulheres são maioria (68,20%), enquanto homens representam 31,8% do total. Mais de 4 mil mesários têm algum tipo de deficiência.

A eleição deste ano terá número recorde de mesários voluntários. O quantitativo é mais do que o dobrou em relação ao pleito de 2018, no qual cerca de 430 mil se voluntariaram à função.

LEIA TAMBÉM:

Voto útil existe? Por que só FHC levou no primeiro turno — e o que pode acontecer agora?

Tudo sobre Eleições 2022: O que acontece se a maioria dos votos forem nulos?