Brasil

Chuvas no Rio Grande do Sul já deixam 85 mortos e 134 desaparecidos, diz balanço da Defesa Civil

Este é o pior desastre climático da história gaúcha, segundo o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta

Rio Grande do Sul: veja os números atualizados (Handout / Fraport Brazil /AFP Photo)

Rio Grande do Sul: veja os números atualizados (Handout / Fraport Brazil /AFP Photo)

Publicado em 6 de maio de 2024 às 20h23.

Última atualização em 7 de maio de 2024 às 17h09.

Tudo sobreEnchentes no RS
Saiba mais

O desastre das chuvas no Rio Grande do Sul segue aumentando no número de vítimas, feridos e atingidos pelas enchentes. O último boletim divulgado pela Defesa Civil gaúcha na noite desta segunda-feira, 6, aponta que já são mais de 85 mortos em todo o estado, 134 desaparecidos e 339 feridos. Ainda há quatro mortes suspeitas de estarem ligadas ao temporal.

No RS, vi de perto a força da enchente e a da solidariedade dos empreendedores gaúchos

Ao todo, a Defesa Civil denota que 385 municípios do Rio Grande do Sul foram atingidos pelas enchentes e chuvas. São mais de 1.178.226 pessoas afetadas, sendo 47.676 levadas para abrigos. 13.824 moradores também estão desalojados. Já são 789 escolas de 216 municípios afetadas pelas chuvas, que deixaram 273.137 estudantes impactados e 386 colégios danificados de alguma forma. Entre as unidades de ensino, 52 estão servindo de abrigo para desalojados.

Lula envia projeto ao Congresso para que gastos com Rio Grande do Sul fiquem fora da regra fiscal

O número de óbitos causados pelas chuvas no RS superou a última catástrofe ambiental do estado em setembro de 2023, quando 54 pessoas perderam a vida devido à passagem de um ciclone extratropical. Este é o pior desastre climático da história gaúcha, segundo o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta.

Falta água e luz

Ainda não é possível mensurar quantas pessoas estão sem luz no estado, visto que a CEEE Equatorial, uma das principais companhias de energia do Sul, não informou os números. A RGE Sul revelou 270 mil pontos sem energia elétrica. A Corsan, por outro lado, destacou que 750.364 clientes estão sem abastecimento de água.

Entidade médica alerta para risco de leptospirose no RS e sugere formas de prevenção

Sobre o sinal de telefonia, a TIM afirmou que 38 municípios estão sem serviços de rede. A Vivo apontou que não há sinal em 28 cidades. A Claro, por sua vez, informou que não há sinal em 19 localidades. O governador Eduardo Leite afirmou que pediu às operadoras para que ativem o serviço de roaming, para que todos os moradores consigam ter acesso às torres de telefonia.

Como ajudar os afetados pelas chuvas no Rio Grande do Sul?

Há opções para doações em dinheiro para órgãos oficiais e entidades confiáveis que organizam mutirões para transformar os recursos em ações de assistência. Confira alguns:

Governo do Rio Grande do Sul

O governo do estado disponibilizou uma chave Pix para doações nacionais.

Doações nacionais
Chave Pix: 92.958.800/0001-38 (CNPJ).
Nome: SOS Rio Grande do Sul / Banco: Banrisul

Prefeitura de Porto Alegre

A prefeitura da capital também disponibilizou uma chave Pix para doações nacionais.

92963560000160 (CNPJ)
Nome: PMPA / Banco: Caixa Econômica Federal
Conta-corrente (para doações internacionais)
IBAN: BR48 0036 0305 0282 2000 0713 361C 1
Nome/Razão Social: MUNICIPIO DE PORTO ALEGRE
CPF/CNPJ: 92.963.560/0001-60
Conta: 2822  0006  000000071336-1
Código Swift: CEFXBRSP

Associação do Ministério Público do RS

A Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (AMP/RS) está reunindo forças para comprar mantimentos para as vítimas.

Chave Pix: 87027595000157 (CNPJ)
Banco: Sicredi

Comunitas

A organização criou um fundo de apoio à reconstrução do Rio Grande do Sul após a forte chuva que atingiu o estado. O "Reconstrua RS" será modelado por meio de uma gestão compartilhada, comitês de atuação e execução privada e com ações prioritárias, entre elas a reorganização das escolas para o retorno das aulas.

Doações para ações de reestruturação: CNPJ 03.983.242/0001-30
Banco do Brasil - 001
Agência 1195-9
Conta-corrente 600.650-7
Para mais informações, contato pode ser feito via reestruturars@comunitas.org.br

Rede de Bancos de Alimentos do RS e Bancos Sociais

Para ajudar, não é preciso sair de casa. Basta contribuir via Pix, depósito bancário ou via site oficial Doe Alimentos, da Rede de Bancos de Alimentos do RS.

Site: http://www.doealimentos.com.br
Pix: CNPJ - 04.580.781/0001-91
Conta-corrente: Banco Santander
Agência: 1001
Conta: 13.000.284-4

Coleta de itens

A CVC está disponibilizando as mais de mil lojas em todo o Brasil para coleta de doações. Após arrecadação, a distribuição será feita por meio de uma parceria com a Azul, Gol Jamef Logística e Latam.

A CVC informa que os interessados em participar podem realizar a entrega de itens nas lojas da operadora de turismo de amanhã, 6, até domingo, dia 12 de maio. Os itens aceitos são: roupas, calçados, lençóis, cobertores e toalhas.

*Com Agência Brasil e Agência O Globo

Acompanhe tudo sobre:Rio Grande do SulPorto AlegreChuvasEnchentesEnchentes no RS

Mais de Brasil

Quem é Mello Araújo, anunciado como vice de Nunes em São Paulo

Lula anuncia R$ 194 milhões para construção de 1,3 mil casas no Piauí

Justiça Federal homologa acordo para preservação da Cinemateca

Nunes e Tarcísio confirmam ex-chefe da Rota indicado por Bolsonaro como vice

Mais na Exame