Esporte

Neymar, Vini Jr. e Endrick: futebol brasileiro se mobiliza para ajudar vítimas das inundações no RS

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) criou uma plataforma para realizar doações aos atingidos, campanha da qual participam, além dos jogadores citados, o zagueiro Danilo e o técnico Dorival Junior

Rio Grande do Sul: veja como fazer doações (Secretaria de Cultura do Estado do Rio Grande do Sul (SEDAC)/Divulgação)

Rio Grande do Sul: veja como fazer doações (Secretaria de Cultura do Estado do Rio Grande do Sul (SEDAC)/Divulgação)

AFP
AFP

Agência de notícias

Publicado em 6 de maio de 2024 às 20h36.

Última atualização em 7 de maio de 2024 às 17h09.

Tudo sobreEnchentes no RS
Saiba mais

Vinicius Jr., NeymarEndrick, estrelas do futebol brasileiro se mobilizaram para ajudar as vítimas das graves enchentes no Rio Grande do Sul, cujos grandes times, Grêmio e Internacional, tiveram suas instalações inundadas. 

Chuvas no Rio Grande do Sul já deixam 85 mortos e 134 desaparecidos, diz balanço da Defesa Civil

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) criou uma plataforma para realizar doações aos atingidos, campanha da qual participam, além dos jogadores citados, o zagueiro Danilo e o técnico Dorival Junior, incentivando a população a colaborar em suas redes sociais.

Estrelas gaúchas ou que fizeram história no Rio Grande do Sul, como Ronaldinho Gaúcho, Dunga, Paulo Roberto Falcão e Tinga também participaram das convocações.

A histórica subida do Rio Guaíba, em Porto Alegre, uniu por um momento os jogadores dos dois maiores times do estado, cuja rivalidade é considerada a maior do Brasil.

Os estádios de Grêmio e Inter, assim como seus centros de treinamentos, estão cobertos por água.

Lula envia projeto ao Congresso para que gastos com Rio Grande do Sul fiquem fora da regra fiscal

"Todos do mesmo lado"

O atacante equatoriano Enner Valencia e o goleiro uruguaio Sergio Rochet, ambos do Inter, compraram cestas básicas e kits de limpeza e entregaram em um centro que abriga pessoas em situação de vulnerabilidade social. Rochet também serviu comida às pessoas do abrigo.

"Não tem país, religião, camiseta, nada. Estamos todos do mesmo lado. Esse é o nosso objetivo", declarou o goleiro colorado à Rádio Gaúcha.

Outra figura do Inter, Thiago Maia, também entregou cestas básicas aos mais atingidos, enquanto os argentinos Gabriel Mercado e Lucas Alario foram vistos ajudando as vítimas das enchentes.

O boletim emitido pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul, divulgado no início da tarde desta segunda-feira, 6, aponta que 364 municípios foram atingidos pelas fortes chuvas na região, afetando 873.275 pessoas. Até o momento, foram confirmadas 83 mortes, além de 291 feridos em todo o estado.

No arquirrival Grêmio, o goleiro Caíque se envolveu pessoalmente, indo com seu jet ski resgatar pessoas que estavam isoladas pela subida do Rio Guaíba. 

O veterano atacante Diego Costa doou quatro jet skis para ajudar no resgate de pessoas isoladas pelas enchentes, enquanto o técnico e ídolo tricolor Renato Gaúcho gravou um vídeo nas redes sociais incentivando toda a população a colaborar.

O técnico gremista teve de ser resgatado do hotel onde mora devido às enchentes.

A catástrofe fez com que a CBF adiasse os jogos das 11 equipes gaúchas que disputam competições nacionais: Grêmio, Inter e Juventude na Série A masculina; duas na Série A feminina (Grêmio e Inter), três na Série C, além de outros três na Série D.

Inicialmente relutante em adiar seus jogos, a Conmebol finalmente oficializou que a partida do Grêmio contra o Hauchipato no Chile pela Libertadores, prevista para quarta-feira; e a do Inter contra o Real Tomayapo, na Bolívia, que aconteceria na terça-feira, não serão disputadas nesta semana.

Acompanhe tudo sobre:Rio Grande do SulNeymarFutebolChuvasDoaçõesEnchentes no RS

Mais de Esporte

Brasil é o país com o maior número de jogadores em transações do futebol mundial; veja valores

Grêmio x Internacional: onde assistir e horário pelo Brasileirão

Cuiabá x Atlético-GO: onde assistir e horário pelo Brasileirão

Mais na Exame