Brasileira é presa com 46 mil comprimidos de ecstasy, avaliados em R$ 2,3 mi

Jovem foi presa ao desembarcar no aeroporto do Galeão, no Rio

Rio de Janeiro - Uma jovem brasileira, que não teve nome nem idade divulgados, foi presa ao desembarcar no aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador (zona norte do Rio), na tarde desta segunda-feira, com 46 mil comprimidos de ecstasy na bagagem.

Segundo a Polícia Federal (PF), ela vinha de Lisboa num voo da empresa portuguesa TAP e a droga foi identificada durante a passagem de rotina pelo aparelho de raio-X. A carga total, que estava embalada a vácuo, é avaliada em R$ 2,3 milhões. Cada comprimido de ecstasy chega a ser vendido por R$ 50. A passageira responderá por tráfico de drogas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.