Brasil deve inaugurar embaixada no Bahrein, com Bolsonaro

Monarquia do Golfo Pérsico aumentou em 200% as importações de produtos brasileiros neste ano; presidente viaja ao Oriente Médio nesta sexta, dia 12
Bahrein, no Golfo Pérsico: Brasil deve inaugurar embaixada no país (Getty Images/Getty Images)
Bahrein, no Golfo Pérsico: Brasil deve inaugurar embaixada no país (Getty Images/Getty Images)
Por Carla AranhaPublicado em 12/11/2021 09:40 | Última atualização em 12/11/2021 09:45Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Como parte da estratégia de estreitar os laços com os países árabes, terceiro maior destino das exportações brasileiras, deverá ser inaugurada, no próximo dia 16, a representação diplomática do Brasil no Bahrein, no Golfo Pérsico, conforme apurou EXAME. O presidente Jair Bolsonaro, que embarca nesta sexta, dia 12, em uma viagem de uma semana ao Oriente Médio, deverá conduzir a cerimônia de inauguração da embaixada.

O Bahrein é o terceiro maior comprador de minério de ferro brasileiro, principal produto da pauta de exportações do país, atrás apenas da China e da Malásia. No ano passado, as vendas totais para o Bahrein somaram 673,8 milhões de dólares. Um dos países mais prósperos da região, o Bahrein deverá ser um dos últimos pontos do roteiro de Bolsonaro pelo Oriente Médio – na segunda, dia, o presidente participa da Expo Dubai, feira de negócios e inovação, e depois parte para o Qatar, vizinho do Bahrein.

De acordo com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que organiza a agenda de visitas de negócios ao exterior, poderão ser gerados 10 bilhões de dólares em novos acordos comerciais e parcerias durante a Expo Dubai, além de um incremento de 500 milhões de dólares nas exportações.

Entre janeiro e setembro deste ano, as exportações para os países árabes somaram 10,3 bilhões de dólares, 25% a mais do que no mesmo período do ano passado. O Bahrein puxou a fila, com um salto de 200% nas aquisições de produtos brasileiros, seguido por Omã (133%), também no Golfo Pérsico, a Palestina (77,5%) e a Argélia (34,5%).

O Brasil possui embaixadas em praticamente todo o Oriente Médio e norte da África, em países como a Arábia Saudita, Omã, Emirados Árabes, Iraque, Irã e Argélia. O Bahrein, formado por mais de 30 ilhas no Golfo Pérsico, tem uma das rendas per capita mais altas do mundo, de mais de 22 mil dólares, graças aos petrodólares e a investimentos no setor de telecomunicações, transporte e turismo. No segundo trimestre, o PIB cresceu 3,5%, puxado principalmente pela recuperação da construção civil, do mercado imobiliário, hotéis e restaurantes.