A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Bancários de São Paulo decidem entrar em greve

Categoria rejeitou a proposta da Fenaban de reajuste de 6,1% no salário, sem aumento real

São Paulo – Os bancários, representados pelo Sindicato de São Paulo, Osasco e Região, decidiram em assembleia na noite de hoje (12) entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima quinta-feira (19). A categoria rejeitou a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste de 6,1%, sem aumento real. Eles reivindicam reajuste de 11,93% (5% de aumento além da inflação do período).

A presidenta do sindicato, Juvandia Moreira, destacou ainda que os bancários também querem melhorias nas condições de trabalho. “A campanha não é só por salário. Nós temos um problema de falta de funcionários, que também afeta os clientes. Às vezes a gente não consegue nem almoçar. Essas demissões [feitas pelos bancos] geraram uma sobrecarga muito grande para os trabalhadores”, disse.

Uma nova assembleia foi marcada para a próxima quarta-feira (18).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também