Brasil

Corpo encontrado dentro do lago do parque Ibirapuera é identificado

Homem foi reconhecimento por meio de um exame datiloscópico, com base em impressões digitais

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 8 de maio de 2024 às 13h46.

Nesta quarta-feira, 8, a Polícia Civil de São Paulo confirmou a identidade do corpo encontrado no lago do Parque Ibirapuera, na zona sul da capital, na última semana.

Segundo os investigadores, a vítima é Luiz Carlos de Melo, de 56 anos. O homem era natural de Contagem, em Minas Gerais. O reconhecimento foi viabilizado por meio de um exame datiloscópico, que utiliza as impressões digitais.

A causa da morte permanece desconhecida. Os resultados dos demais exames periciais, atualmente em fase de elaboração, são aguardados para o avanço do caso.

Não se sabe ainda se Luiz Carlos era morador de rua ou possuía residência fixa em São Paulo. As autoridades estão tentando entrar em contato com seus familiares.

Mistério

Os bombeiros e a Polícia Civil foram acionados para a ocorrência por volta das 10h40, em 30 de abril, e equipes de resgate retiraram o corpo do lago. Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), o cadáver foi encontrado às margens do local.

De acordo com informações da corporação, o corpo foi encontrado sem roupas e em estado avançado de decomposição.

O caso está sendo investigado no 36º DP (Vila Mariana). O IML (Instituto Médico Legal) está encarregado da identificação datiloscópica da vítima, bem como dos exames toxicológicos e necroscópicos para determinar a causa e o momento da morte.

Acompanhe tudo sobre:CrimeAssassinatosIbirapuerasao-pauloPolícia Civil

Mais de Brasil

Congresso prorroga por 60 dias vigência de MP do setor elétrico

Governo de SP fará compra das novas câmeras da PM nesta segunda

MEC suspende criação de cursos a distância até 2025 e fixa prazo para criar novas regras

Deputada Luiza Erundina tem alta de hospital em Brasília após três dias internada

Mais na Exame