Balão cai em Boituva, interior de São Paulo, e deixa nove feridos

Corpo de Bombeiros socorreu nove vítimas, uma delas em estado grave, para hospitais na região
Acidente foi o terceiro na região de Boituva em menos de um mês (Divulgação/Bombeiros)
Acidente foi o terceiro na região de Boituva em menos de um mês (Divulgação/Bombeiros)
Por Agência O GloboPublicado em 17/05/2022 11:01 | Última atualização em 17/05/2022 11:05Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Um balão tripulável caiu às margens da Rodovia Castello Branco, numa zona rural entre a região de Boituva e Porto Feliz, no interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira, e deixou nove pessoas feridas, uma delas em estado grave. De acordo com o relato de testemunhas, três ocupantes caíram do veículo. O piloto relatou que tentou fazer um pouso forçado após uma rajada de vento.

A Secretaria estadual de Saúde do Estado informou que os feridos foram encaminhadas para unidades de saúde em Porto Feliz, Boituva, Tatuí e Sorocaba. A queda ocorreu por volta das 7h, na altura do quilômetro 104 da Castello Branco. O balão havia saído de Boituva.

O acidente é o terceiro do tipo ocorrido na região num intervalo de três semanas. No último dia 11, um avião colidiu com uma torre de alta tensão em Boituva e caiu, segundo as autoridades. Duas pessoas morreram no acidente da aeronave, que levava 16 pessoas, segundo a Prefeitura de Boituva.

No dia 24 de abril, a paraquedista Bruna Ploner, de 33 anos, morreu durante um salto no Centro Nacional de Paraquedismo, em Boituva. Sargento do Exército, ela estava com equipamentos particulares e tentava pousar quando se acidentou. A militar ainda foi socorrida para o Hospital São Luiz, mas não resistiu aos ferimentos.

VEJA TAMBÉM: 

MP pede para PF investigar Moro por mudança de domicílio eleitoral

Bolsonaro altera cálculo de frete a caminhoneiros após aumento do diesel

Frio em SP: Prefeitura cria 2 mil vagas em abrigos para moradores de rua