Treinar vendedores usando games? Startup especializada capta R$ 2 milhões

Play2Sell, primeira plataforma especializada no setor, arrecadou montante por meio de crowdfunding. Foco principal é no mercado imobiliário, com clientes como MRV, Eztec e Lopes

O conceito de gamificação está longe de ser novo – há pelo menos dez anos, já se discutia como a interação entre jogos e vida real poderia trazer benefícios e ser utilizada de diferentes formas pelas empresas. Mas, mesmo em um conceito que veio à tona em 2011, há espaço para inovar. Prova disso é o sucesso da Play2Sell, primeira plataforma especializada no treinamento de vendedores por meio de games no Brasil. Nesta semana, a startup recebeu um aporte de R$ 2 milhões, captado via crowdfunding.

O que os empreendedores de sucesso têm em comum? Inovação será a chave de 2021. Fique por dentro em nosso curso exclusivo

O dinheiro será usado principalmente para dobrar o número de colaboradores até o fim do ano – hoje, são 14 pessoas. “Como vamos investir bastante no aperfeiçoamento do game e de seu algoritmo, a maior parte das contratações será direcionada para a área de Produto e Desenvolvimento. Também vamos reforçar de forma consistente o time de marketing”, revela Felipe dos Santos, CEO e fundador da Play2Sell. Com a captação, a empresa afirma que adicionou mais de 500 investidores ao negócio.

Essa é a terceira rodada de investimentos pela qual a startup passa. A primeira foi realizada logo no início da operação, há três anos, em que 11 investidores-anjos fizeram um aporte de cerca de R$ 200 mil. A segunda foi realizada em 2019 e já levantou mais do que o triplo do primeiro valor – mais de R$ 650 mil – contando com a participação da Bossa Nova Investimentos, entre outros.

A companhia enfrenta um cenário bastante diferente do estabelecido para muitas startups no país. De acordo com um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Startups, 73% das empresas desse tipo no Brasil nunca receberam nenhum tipo de investimento. O dado contrasta com informações recentes que indicam que apenas em 2020, mais de 1 bilhão de dólares já foram investidos nas companhias nacionais, o que indica uma concentração elevada dos investimentos.

Como funciona?

Hoje, a Play2Sell conta com mais de 5 mil usuários ativos, sendo a maior parte deles oriunda do mercado imobiliário. Por meio de um aplicativo de celular, os games desenvolvidos têm como missão oferecer informações e engajar vendedores a respeito de temas importantes dentro do setor.

“Os parceiros que estão conosco há pelo menos um ano percebem um substancial aumento em suas taxas de conversão de vendas. Isso ocorre porque o nível de entendimento dos profissionais cresce, melhorando de forma significativa a experiência de compra do cliente”, conclui Felipe.

História

A empresa foi idealizada em 2017, quando Felipe dos Santos foi morar no Vale do Silício em busca de novas ideias para empreender -- antes disso, ele já havia colaborado para fundar e vender duas empresas ao mercado imobiliário.

Durante a pandemia, a startup viu uma oportunidade ainda maior para expandir sua atuação. Com muitas funções realizadas à distância (e o medo da covid-19) a startup criou um jogo gratuito para apoiar a população na prevenção do vírus, usando uma linguagem lúdica.

“Mesmo em um cenário difícil, conseguimos continuar crescendo durante a pandemia. Isso propiciou a abertura deste novo round no final de 2020”, afirma o CEO.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.