4K antiga? Dispositivo da Amazon dá vida nova para TVs; veja como funciona

O dispositivo Firestick 4k, da Amazon, leva um sistema operacional novo para televisores que não recebem atualizações de software. O aparelho pode, também, oferecer acesso a jogos
 (EXAME/Exame)
(EXAME/Exame)
L
Lucas Agrela

Publicado em 03/06/2021 às 08:00.

Última atualização em 04/06/2021 às 11:34.

As fabricantes de televisores tendem a não atualizar o sistema operacional de TVs antigas, mesmo que elas tenham resolução de imagem 4K (quatro vezes mais do que o padrão Full HD). O movimento é comum no mercado de tecnologia e também acontece na categoria de smartphones. Por isso, dispositivos como o Firestick 4K, da Amazon, tem espaço mesmo em um mercado hoje dominado por televisores com conexão com a internet e aplicativos de streaming, como Netflix e Prime Video. 

O dispositivo da Amazon vem acompanhado de controle remoto e tem uma lógica simples de uso. O requisito para utilização é que o televisor tenha porta HDMI e, assim como acontece com o rival Chromecast, do Google, é preciso conectar o Firestick 4K a uma fonte de energia elétrica. Feito o login na sua conta na Amazon e nos seus aplicativos de streaming, basta escolher ao que assistir. 

Amazon Firestick 4K

Amazon Firestick 4K: aparelho tem controle remoto que contém teclas de atalho para apps de streaming (EXAME/Exame)

O principal diferencial do Firestick 4K em relação a sistemas operacionais antigos da Samsung ou da LG é a velocidade de navegação e a estética atualizada para os dias atuais. A proposta do Firestick, além de levar os apps de streaming de vídeo para TVs simples, é permitir uma maior integração do ecossistema de TVs, uma visão também compartilhada pela americana Roku, que vende um dispositivo similar. O dispositivo também se conecta com a estratégia macro da marca Amazon, uma vez que muitos dos serviços digitais da companhia estão disponíveis com o uso desse produto.

O Firestick 4K também dá acesso a um grande volume de aplicativos da loja própria da Amazon, a Appstore. Nela, é possível encontrar apps de streaming e jogos. Nem todos os jogos podem ser jogados sem um controle, que precisa ser comprado separadamente. Por ser uma loja de aplicativos para celular, ela rivaliza mais com a Google Play Store, oferecida em TVs com sistema Android e tem apps compatíveis com o Chromecast, do que com as lojas de aplicativos de marcas como Samsung, LG, entre outras.

A assistente de voz Alexa, da própria Amazon, também é integrada ao Firestick 4K. Com isso, você pode fazer tudo que faz nela em outros dispositivos, mas também pode pedir para a Alexa mostrar filmes de ação ou suspense em uma lista que abrange opções de diversos aplicativos de streaming de vídeo. 

O produto é vendido, claro, pela loja on-line da Amazon com preço sugerido de 427 reais, menos de um quarto do preço de uma TV 4K de 2021. Claro que a qualidade da imagem é uma questão relacionada ao hardware e só uma TV nova resolverá esse problema. Mas, do lado do software, o Firestick 4K pode levar uma TV 4K já antiga aos dias atuais.

  • Não perca as últimas tendências do mercado de tecnologia. Assine a EXAME.