Novo veículo da Tesla é caminhão elétrico e futurista

Empresa de Elon Musk anunciou o Semi, caminhão elétrico com auxílio de direção. Nova geração do esportivo Roadster também foi mostrada
Semi: caminhão elétrico é o maior veículo já anunciado pela Tesla (Tesla/Divulgação)
Semi: caminhão elétrico é o maior veículo já anunciado pela Tesla (Tesla/Divulgação)
V
Victor CaputoPublicado em 17/11/2017 às 10:49.

São Paulo – A Tesla, fabricante de veículos elétricos, anunciou dois novos produtos. O primeiro é o mais impactante, um caminhão elétrico. O segundo é uma renovação de seu carro esportivo, o Roadster.

O Tesla Semi é o nome do caminhão elétrico anunciado por Elon Musk. Ele tem visual futurista e promete rodar até 800 quilômetros sem a necessidade de realizar uma nova recarga na bateria do veículo. Isso, informa a Tesla, pode ser feito mesmo com cargas de até 36 toneladas em sua traseira.

“Ele não é como qualquer outro caminhão que você já tenha dirigido”, falou Musk à plateia no anúncio do Tesla Semi.

O veículo usa quatro motores elétricos para aceleração. A montadora afirma que, apesar das grandes dimensões, ele tem pouco consumo de energia por quilômetro rodado.

O veículo tem visual com um toque futurista. Dentro, acontece o mesmo. O posto de direção fica centralizado no caminhão. O motorista terá à disposição uma central que usa dois tablets com telas de 15 polegadas.

Interior do caminhão elétrico Tesla Semi

- (Tesla/Divulgação)

Outro aspecto reforçado pela Tesla é da segurança. A montadora afirma que o veículo conta com auxílio de piloto que evita colisões, janelas grandes para melhor visibilidade e centro de gravidade baixo, para maior estabilidade.

O Tesla Semi entrará em produção somente em 2019. É importante lembrar que a Tesla tem tido problemas para cumprir cronogramas de produção de seus veículos elétricos—o Model 3, carro mais em conta da empresa, tem sofrido atrasos embaraçosos para a Tesla.

Outro anúncio, inesperado, foi da nova geração do esportivo Roadster. Saído da traseira do Semi durante o evento, o novo Roadster tem autonomia de até mil quilômetros. Ele é capaz de ir de 0 a 100 km/h em 1,9 segundo, de acordo com informação divulgada pelo CEO Elon Musk.

A nova versão do Roadster tem calendário ainda mais adiante. A previsão é que ele seja entregue somente em 2020.