No futuro, você poderá pagar uma assinatura para ter um iPhone

Alguns estariam chamando o pacotão de Apple Prime, em alusão ao pacote de benefícios da Amazon

No futuro, a compra de um novo iPhone pode virar um serviço de assinatura. Segundo a CNBC, a ideia está sendo discutida entre alguns investidores da Apple, que querem criar uma fonte perene e previsível de receita.

Junto com a assinatura para a compra constante de novos aparelhos, o serviço poderia vir acompanhado de um pacote que inclui armazenamento no iCloud e acesso ao serviço de streaming Apple TV+. Alguns estariam chamando o pacotão de Apple Prime, em alusão ao pacote de benefícios da Amazon.

A ideia dos investidores seria transferir a receita da divisão de hardware para a divisão de serviços, o que poderia aumentar os preços das ações sem depender de aumentos nas vendas ou nos preços dos dispositivos. A receita com venda de hardware é vista como mais imprevisível.

Caso se torne realidade, seria um reforço ainda maior para a divisão de serviços da companhia, que no último trimestre gerou US$ 12,5 bilhões.

Confrontado na quarta, 30, com a ideia durante a apresentação do balanço da Apple, Tim Cook sugeriu que esse pode ser um caminho. "Alguns clientes já percebem o hardware como serviço ou pacote, porque eles participam de programas de atualização.

Minha perspectiva é a de que essa área vai atingir números grandes no futuro. Crescerá desproporcionalmente", disse. Vale lembrar que nos EUA a compra parcelada de produtos não é tão comum quanto no Brasil.Foi só em 2015 que a Apple abriu vendas parceladas de iPhone nos EUA, o que permitiu a inclusão de outros serviços no pacote, como garantia estendida e programa de troca de hardware. Luca Maestri, diretor financeiro da Apple, afirmou na ligação que o programa de troca de iPhone cresceu cinco vezes em relação ao ano passado.

A companhia também anunciou nesta quarta que usuários do cartão de crédito da empresa poderão parcelar em 24 vezes sem juros as compras de iPhone, o que reforçou a tese de investidores de que o Apple Prime se aproxima. "Reconhecemos que muitos clientes querem um sistema de pagamento constante que ofereça novos produtos regularmente. Estamos empenhados em tornar isso mais fácil do que é atualmente", disse Cook.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.