Tecnologia

Meta, dona do Facebook, anuncia terceira onda de demissões para maio

Dessa vez não foi informado o número de desligamentos; em março, na segunda rodada, foram 10 mil cortes

André Lopes
André Lopes

Repórter

Publicado em 27 de abril de 2023 às 14h55.

Última atualização em 27 de abril de 2023 às 15h28.

Mark Zuckerberg, presidente executivo da Meta, empresa detentora de Facebook, Instagram e WhatsApp, anunciou na última quarta-feira, 26, que ocorrerá a terceira onda de demissões na companhia, prevista para acontecer no mês de maio.

A reestruturação da empresa já passou por duas ondas de demissões em grupos técnicos e de recrutamento, conforme publicado pelo próprio Zuckerberg em seu perfil no Facebook. "Este tem sido um processo difícil", completou o presidente da companhia.

Zuckerberg afirmou ainda que, após a terceira rodada de cortes, o ambiente de trabalho na Meta ficará mais estável para os funcionários.

Em novembro do ano passado, a primeira onda de demissões atingiu mais de 11 mil funcionários, o que representou 13% da força de trabalho da empresa na época.

Essa medida precedeu outros cortes de pessoal em grandes empresas de tecnologia.

Acompanhe tudo sobre:MetaFacebookmark-zuckerbergDemissões

Mais de Tecnologia

Vício em TikTok? O que é 'brainrot' e por que o termo está tão em alta

Mais 168 cidades podem ter internet 5G a partir de sexta-feira; veja a lista

Carros autônomos: os robotáxis começam a virar realidade para a Waymo, do Google

Empresa chinesa avança em tecnologia quântica com novo termômetro de óxido de rutênio

Mais na Exame