Google encerra atividades do serviço Google Vídeos

Usuários do site, que foi criado antes de o Google adquirir o YouTube, têm até o próximo dia 13 para transferir o conteúdo armazenado nele

São Paulo — O Google confirmou, neste domingo, o encerramento das atividades do Google Vídeos, serviço de hospedagem e compartilhamento de produções multimídia criado antes da aquisição do YouTube, em 2006. O gigante das buscas diz que, com o fim da plataforma, vai poder redirecionar os recursos que estavam alocados nela para outros projetos.

Sem receber nenhum upload desde maio de 2009, o Google Vídeos perdeu força e popularidade desde 2006, quando a companhia pagou cerca de 1,6 bilhão de dólares pelo YouTube.

Segundo o Google, nenhum vídeo poderá ser visualizado no serviço a partir do dia 29. Num email enviado aos cadastrados no recurso, a empresa sugere aos usuários que transfiram gratuitamente todos os conteúdos ao YouTube. Na ocasião, o Google dá novos passos para reorganizar seu sistema de vídeos. Na última semana, a publicação americana Wall Street Journal revelou a intenção do Google em investir 100 milhões de dólares no YouTube para abastecer a grade de pelo menos 20 novos canais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.