Facebook: pedidos de governos por dados de usuários subiram 27%

Os pedidos do governo por dados aumentaram globalmente para 59.229, ante 46.710 e mais da metade continha uma ordem de sigilo

O Facebook disse nesta quarta-feira que as solicitações governamentais de dados de usuários subiram 27 por cento na primeira metade de 2016 ante mesmo período do ano passado, com as agências norte-americanas no topo da lista.

Os pedidos do governo por dados aumentaram globalmente para 59.229, ante 46.710 e mais da metade continha uma ordem de sigilo que proibia que a rede social notificasse os usuários.

Os pedidos de restrição de conteúdos por violação de leis locais, caiu 83 por cento na mesma comparação, disse o Facebook.

Os ataques a Paris em novembro do ano passado elevaram o número de pedidos de restrição de conteúdos.

Pela primeira vez, o Facebook forneceu informações sobre os pedidos do governo para a preservação de informações relevantes das contas dos usuários.

A empresa recebeu 38.675 pedidos de preservação de 67.129 contas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.