EUA fecham 9 sites que distribuíam filmes ilegalmente

Somente no dia 15 de junho, 37 mil pessoas assistiram a Sex and the City 2 em um dos sites, segundo governo
Medida visa combater pirataria e violação de direitos de propriedade intelectual (.)
Medida visa combater pirataria e violação de direitos de propriedade intelectual (.)
C
Célio YanoPublicado em 02/07/2010 às 11:33.

São Paulo - Autoridades do governo federal norte-americano se apropriaram de domínios de nove sites acusados de permitir aos visitantes assistir a filmes de forma ilegal, violando direitos de propriedade intelectual. De acordo com informações publicadas no Wall Street Journal na quarta-feira (30), todos os endereços estavam registrados nos Estados Unidos, o que permitiu a medida.

Apesar do registro dos endereços terem sido feitos em serviços norte-americanos, alguns servidores que mantinham as cópias ilegais dos filmes estavam localizadas em países como Alemanha, Holanda, Reino Unido e República Tcheca. Conforme o governo, os domínios, que estariam entre os mais populares sites de distribuição de cópias ilegais de filmes, disponibilizavam produções como "Toy Story 3" e "The A-Team", ainda em cartaz no cinema.

Segundo o secretário-assistente da Agência de Imigração e Fiscalização Aduaneira, John Morton, somente no dia 15 de junho, 37 mil pessoas assistiram a "Sex and the City 2" em um dos sites, o TVShack.net.

Os outros endereços confiscados pelas autoridades foram Movies-Links.tv, Filespump.com, ZML.com, Now-Movies.com, ThePirateCity.org, PlanetMoviez.com, NinjaVideo.net e NinjaThis.net. Nenhum responsável pelos sites foi localizado pela reportagem do WSJ.