E-commerce: Shopee expande no Brasil com 5 novos centros de distribuição

Com mais de dois milhões de vendedores cadastrados na plataforma, a empresa de Cingapura quer dar mais tração à operação brasileira
Expansão da Shopee: novos centros de distribuição criaram 150 vagas novas em logística (Edgar Su/Reuters)
Expansão da Shopee: novos centros de distribuição criaram 150 vagas novas em logística (Edgar Su/Reuters)
A
André Lopes

Publicado em 06/07/2022 às 11:21.

Última atualização em 14/07/2022 às 16:12.

Ainda que a marketplace Shopee tenha demitido cerca de 50 funcionários no mês de junho, outras 150 vagas em logística foram criadas pela empresa nesta semana. O motivo: a companhia expandiu a operação local com cinco novos centros de distribuição.

Os novos pontos de logística da Shopee estão localizados na região sudeste, em Barueri (SP), São João do Meriti (RJ), Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), Contagem (MG) e Santana do Parnaíba (SP). Eles se somam com outros vários menores espalhados pelo país.

O crescimento também acompanha novas parcerias no setor de entregas. Além dos Correios, a plataforma já fechou acordos com mais de 10 empresas de logística para atender melhor os clientes.

Demissões após o fim do frete grátis irrestrito

Mesmo que tenha enxugado a mão de obra as demissões corresponderam somente às área de tecnologia e atendimento a Shopee ainda conta com mais de 1,5 mil funcionários no país.

O corte recente aconteceu depois que a companhia limitou sua então política de frete grátis irrestrito para os consumidores.

No começo de junho, a Shopee passou a entregar o benefício apenas para compras em lojas oficiais, que oferecem cupons para compras acima de R$ 29, e com taxa de entrega abaixo de R$ 20.

Quando os produtos em questão não têm a etiqueta, os cupons para desconto na entrega só são válidos em compras acima de R$ 59 (antes, era R$ 50).

Também mantém a oferta da gratuidade do frete em campanhas sazonais; a próxima será no aniversário do site, no dia 7 (amanhã) de julho, que terá cerca de R$ 6 milhões em cupons de descontos.