Tecnologia

DiDi, dona da 99, faz parcerias para aprimorar mobilidade verde no Brasil

DiDi e BYD, Dahruj e IturanMob assinaram um projeto de internacionalização para veículos elétricos nacionais chineses

Conhecida formalmente como Xiaoju Kuaizhi Inc., a Didi foi criada em 2021 pelos sócios Cheng Wei e Jean Liu e atualmente possui mais de 493 milhões de usuários ativos espalhados por 15 países (Pavlo Gonchar/Getty Images)

Conhecida formalmente como Xiaoju Kuaizhi Inc., a Didi foi criada em 2021 pelos sócios Cheng Wei e Jean Liu e atualmente possui mais de 493 milhões de usuários ativos espalhados por 15 países (Pavlo Gonchar/Getty Images)

China2Brazil
China2Brazil

Agência

Publicado em 19 de outubro de 2023 às 19h03.

Durante o 3º Fórum da Cúpula de Cooperação Internacional “Cinturão e Rota”, realizado em Pequim, nos dias 17 a 18 de outubro, a DiDi assinou um acordo de cooperação com parceiros brasileiros nas áreas de mobilidade verde e pagamento digital.

Na Conferência de Empresários do “Cinturão e Rota” realizada durante o Fórum, a DiDi e a subsidiária brasileira da BYD, a empresa brasileira de leasing e locação de carros Dahruj e o provedor brasileiro de serviços de gerenciamento de frotas IturanMob, assinaram um projeto de internacionalização para veículos elétricos nacionais chineses. O objetivo é promover a popularização e a aplicação de veículos elétricos nacionais da China no Brasil e para impulsionar a mobilidade verde. Atualmente, a plataforma de mobilidade da DiDi no Brasil opera a maior frota de carros elétricos no país.

Esse projeto é uma das mais recentes iniciativas da “Aliança Brasileira de Mobilidade Sustentável” liderada pela DiDi no Brasil, que promoverá a popularização de veículos de nova energia e a eletrificação de viagens via aplicativos de mobilidade no Brasil.

A aliança está trabalhando em conjunto para promover a popularização de novos veículos de energia e a eletrificação de veículos de rede no Brasil e para promover o desenvolvimento do transporte sustentável. As empresas envolvidas planejam aumentar a taxa de penetração de novos veículos de energia limpa de cerca de 2% atualmente para 10% até 2025 e construir 10.000 novas estações de recarga públicas no Brasil. A subsidiária brasileira da BYD aderiu à aliança em julho de 2022. O número de membros da aliança agora é de 12.

No Fórum de Alto Nível sobre Economia Digital realizado durante o fórum, a DiDi também participou da cerimônia de troca de textos e de resoluções sobre os resultados da cooperação pragmática entre empresas e assinou um contrato com a empresa brasileira de fintech BePay para a aquisição de 100% de seu capital. Por meio da cooperação, os dois lados fornecerão serviços seguros de pagamento on-line para usuários brasileiros, promoverão a popularidade do pagamento móvel no Brasil e ajudarão no desenvolvimento da economia digital local.

Estratégia de internacionalização

Desde a aquisição da plataforma de transporte individual e mobilidade brasileira 99 no início de 2018, a DiDi lançou oficialmente sua estratégia de internacionalização, acelerando o layout de seus negócios internacionais em torno dos países e regiões onde o “Cinturão e Rota” está sendo construído, combinando a experiência chinesa com as necessidades reais dos mercados estrangeiros, fornecendo produtos e serviços localizados distintos para o mercado estrangeiro e participando ativamente da concorrência internacional.

Atualmente, os negócios internacionais da DiDi abrangem 14 países na América Latina, Ásia-Pacífico e África, incluindo Brasil, México, Argentina, Peru, Equador, Chile, Panamá, República Dominicana, Colômbia e Costa Rica, e fornece serviços diversificados para o mercado local, principalmente viagens individuais e mobilidade, incluindo entregas delivery e finanças. A DiDi atende no mundo todo anualmente cerca de 80 milhões de usuários, conta com mais de 3,2 milhões de motoristas e mais de 450.000 entregadores por motocicletas e bicicletas.

Acompanhe tudo sobre:Didi Chuxing99taxisDeliveryChina

Mais de Tecnologia

Vício em TikTok? O que é 'brainrot' e por que o termo está tão em alta

Mais 168 cidades podem ter internet 5G a partir de sexta-feira; veja a lista

Carros autônomos: os robotáxis começam a virar realidade para a Waymo, do Google

Empresa chinesa avança em tecnologia quântica com novo termômetro de óxido de rutênio

Mais na Exame