Tecnologia

Bradesco usa inteligência artificial no atendimento a clientes

Banco Bradesco tem aplicado inteligência artificial no atendimento a clientes em seu aplicativo

Bradesco: atendimento ao cliente ganha ajuda de inteligência artificial (Pilar Olivares/Reuters)

Bradesco: atendimento ao cliente ganha ajuda de inteligência artificial (Pilar Olivares/Reuters)

Victor Caputo

Victor Caputo

Publicado em 19 de julho de 2017 às 15h39.

São Paulo -- O Bradesco está usando inteligência artificial (IA) para melhorar o atendimento a clientes. A tecnologia vem sendo usada há cerca de um ano e se chama BIA (Bradesco Inteligência Artificial).

O resultado nasce de uma parceria do banco com a IBM e o Watson, seu projeto de computação cognitiva. O objetivo do Bradesco é de dar autonomia aos seus clientes e, ao mesmo tempo, trazer maior eficiência ao banco--ao desafogar canais de atendimento.

O banco afirma que a plataforma ainda está em aperfeiçoamento graças à interação com os clientes, uma técnica chamada de machine learning.

"As aplicações para essa tecnologia são praticamente ilimitadas, e no Bradesco ela já responde a mais de 22 mil perguntas por dia”, afirma o diretor executivo do Bradesco Luca Cavalcanti em comunicado.

Os clientes podem interagir com a IA por meio do aplicativo do banco. A ajuda vem em forma de chatbot, um robô que é capaz de compreender a linguagem humana e responder de forma natural.

Marcelo Câmara, gerente de pesquisa e inovação do Bradesco, afirma que, apesar de começar somente por texto, será possível interagir por voz com o BIA em breve.

Acompanhe tudo sobre:BancosBradescoIBMInteligência artificial

Mais de Tecnologia

Vício em TikTok? O que é 'brainrot' e por que o termo está tão em alta

Mais 168 cidades podem ter internet 5G a partir de sexta-feira; veja a lista

Carros autônomos: os robotáxis começam a virar realidade para a Waymo, do Google

Empresa chinesa avança em tecnologia quântica com novo termômetro de óxido de rutênio

Mais na Exame