• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Ações de Disney, Coca e Berkshire são as preferidas da gestora Geo Capital

A casa analisou 60 companhias estrangeiras e escolheu as que têm mais chance de sobreviver à crise e podem valorizar no longo prazo
Disney: mesmo com os parques fechados, a companhia deve sobreviver à crise com ajuda do Disney+ (AFP/Foto)
Disney: mesmo com os parques fechados, a companhia deve sobreviver à crise com ajuda do Disney+ (AFP/Foto)
Por Natália FlachPublicado em 07/05/2020 20:37 | Última atualização em 07/05/2020 21:58Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A pandemia do novo coronavírus fez despencar as ações das principais empresas nas bolsas do mundo, permitindo que muitos investidores fossem às compras. Nos Estados Unidos, o índice S&P 500, por exemplo, acumula queda de 11% no ano, enquanto o Dow Jones recua quase 17%. "Não adianta comparar o preço atual dos papéis com o anterior à crise, porque o valuation [valor] das empresas também mudou, e a análise precisa levar isso em consideração", afirma Gustavo Aranha, sócio e diretor de distribuição da Geo Capital, que investe em ações de empresas estrangeiras.

A partir da revisão do valor das empresas, a gestora analisou 60 companhias e montou uma carteira com aquelas cujos modelos de negócios devem sobreviver ao momento turbulento da economia — e até valorizar no longo prazo. A "queridinha" da Geo Capital é a Disney. Mesmo com os parques fechados, os cruzeiros suspensos e os estúdios sem data para voltar a filmar, o conglomerado do entretenimento tem a seu favor o canal de streaming Disney+.

"Não é que a Disney não tenha sido afetada pela crise, ao contrário. Os anos de 2020 e 2021 serão difíceis, mas a empresa não vai quebrar", afirma Aranha. "O Disney+ vai aos poucos ganhando fatia de mercado e é um canal para escoar as produções que estão prontas e não podem ser exibidas nos cinemas." Então, mesmo com valuation menor, o preço das ações está muito aquém do que seria justo.

Outra aposta é nos papéis da fabricante de máquinas, implementos agrícolas e equipamentos de construção Deere & Company. À primeira vista, pode parecer um contrassenso, afinal, dez em cada dez economistas preveem retração econômica nos Estados Unidos e no mundo. Mas, diferentemente de outras companhias, os compradores da fabricante não desistem da compra do maquinário — só adiam, já que se trata de um investimento. "Sem falar que a manutenção dos tratores é feita pela própria Deere, então, existe uma relação de longo prazo com os clientes."

A gestora também tem posição na Berkshire Hathaway, que atua em diversos setores, como seguros e transportes, e é gerida pelo megainvestidor Warren Buffett. "É uma empresa que gera muito caixa e investe muito bem os recursos em outras companhias."

Bebidas

As fabricantes de bebidas Coca-Cola, Anheuser-Busch InBev e Diageo estão entre as preferidas da Geo Capital. Além de terem marcas consolidadas, elas têm canais logísticos que permitem que seus produtos cheguem a lugares mais difíceis e longínquos. "Talvez esse seja o fator mais difícil de os concorrentes copiarem", acrescenta.

Empresa Participação na carteira
The Walt Disney Company 8,7%
Constellation Brands 8,3%
Comcast Corporation 8,3%
Deere & Company 7,8%
Berkshire Hathaway 7,7%
AB InBev 6,0%
EssilorLucottica 5,5%
Intercontinental Exchange 5,4%
Coca-Cola Company 5,2%
Diageo 5,0%
Outras 22,2%
Caixa 9,9%

Fonte: Geo Capital