• AALR3 R$ 19,61 -0.71
  • AAPL34 R$ 73,16 -0.54
  • ABCB4 R$ 16,91 2.61
  • ABEV3 R$ 14,79 0.68
  • AERI3 R$ 4,00 -8.68
  • AESB3 R$ 10,86 1.21
  • AGRO3 R$ 31,76 0.47
  • ALPA4 R$ 21,21 -2.21
  • ALSO3 R$ 20,04 0.86
  • ALUP11 R$ 26,45 0.99
  • AMAR3 R$ 2,42 1.68
  • AMBP3 R$ 30,40 2.60
  • AMER3 R$ 23,37 -1.23
  • AMZO34 R$ 70,71 -1.15
  • ANIM3 R$ 5,75 3.60
  • ARZZ3 R$ 82,68 -0.11
  • ASAI3 R$ 15,61 1.56
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,88 1.97
  • BBAS3 R$ 36,24 2.32
  • AALR3 R$ 19,61 -0.71
  • AAPL34 R$ 73,16 -0.54
  • ABCB4 R$ 16,91 2.61
  • ABEV3 R$ 14,79 0.68
  • AERI3 R$ 4,00 -8.68
  • AESB3 R$ 10,86 1.21
  • AGRO3 R$ 31,76 0.47
  • ALPA4 R$ 21,21 -2.21
  • ALSO3 R$ 20,04 0.86
  • ALUP11 R$ 26,45 0.99
  • AMAR3 R$ 2,42 1.68
  • AMBP3 R$ 30,40 2.60
  • AMER3 R$ 23,37 -1.23
  • AMZO34 R$ 70,71 -1.15
  • ANIM3 R$ 5,75 3.60
  • ARZZ3 R$ 82,68 -0.11
  • ASAI3 R$ 15,61 1.56
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,88 1.97
  • BBAS3 R$ 36,24 2.32
Abra sua conta no BTG

As eleições americanas, os Correios e seu bolso

O mundo é plano, como diz Thomas Friedman, os assuntos estão cada vez mais correlatos, e todos eles incidem em seu dia a dia. A EXAME seguirá sendo seu guia
 (Reuters/Brian Snyder)
(Reuters/Brian Snyder)
Por Da RedaçãoPublicado em 23/10/2020 05:05 | Última atualização em 11/02/2021 15:14Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Como a privatização dos Correios mexe com sua vida? O serviço ruim da estatal e suas constantes greves atrasam milhões de encomendas diariamente, claro. Mas o impacto vai além: o debate sobre a privatização da estatal fundada em 1663 é decisivo para a agenda de reformas do governo federal. Logo, a venda ou não dos Correios pesa sobre a decisão de investimentos no Brasil, sobre o Ibovespa, sobre o câmbio, sobre os juros.

A EXAME tem acompanhado o vaivém desse processo há meses em nosso site e redes sociais e, agora, faz um mergulho na estatal em uma reportagem especial. E a conclusão aterradora: é impossível calcular quanto valem os Correios — os chutes variam 2.000%. É o tipo de surrealismo que dificulta os avanços do Brasil e tem impacto em cadeia, como mostramos nesta edição.

Traduzir os grandes temas da política e da economia para seu dia a dia, e para seu bolso, é uma das missões históricas da EXAME­ e uma prioridade absoluta nesta nossa nova fase. Tanto que a reportagem de capa analisa o grande tema do momento para definir os rumos da economia do Brasil e do mundo nos próximos anos: a eleição americana.

Quer acompanhar as principais notícias do mercado com análises de qualidade? Assine a newsletter de EXAME Research.

Desde Nova York, contamos o que acontece em caso de vitória republicana ou democrata e mostramos ainda a importância de temas secundários, como a eleição para o Senado. Nossa reportagem destrincha os cenários, da vaga promessa de um renovado corte de impostos de Donald Trump a um ambicioso (e caro) plano de investimentos de Joe Biden.

Também traz comentários de nossa equipe de análise, a EXAME Research, sobre como a eleição afeta seu bolso. Bruno Lima, analista de renda variável, afirma que uma dupla vitória democrata (o cenário mais provável no momento) tende a ser positiva para os mercados emergentes. Desde que, ressalta Lima, o Brasil ataque seus mais do que conhecidos problemas domésticos, que vêm empurrando a bolsa para baixo e o dólar para cima nas últimas semanas. “Só vamos surfar essa onda se tivermos cuidado da organização do nosso lado fiscal”, diz o especialista.

É a forma como a caixa-preta dos Correios se soma à caixa de votação americana. Nossa cobertura sobre as eleições americanas inclui ainda pesquisas exclusivas feitas pelo instituto IDEIA e apresentadas semanalmente em nosso podcast EXAME Política. O mundo é plano, como diz Thomas Friedman, os assuntos estão cada vez mais correlatos, e todos eles incidem em seu dia a dia. Em cada vez mais frentes, a EXAME seguirá sendo seu guia. Boa leitura!