Pop

Última superlua de 2022 ocorre hoje; saiba horário e como assistir

Chamada de "Superlua de Esturjão", o fenômeno tem seu pico às 22h36 de hoje e será a última do ano

Fenômeno será visível de todo o Brasil a olho nu (Toru Hanai/Reuters)

Fenômeno será visível de todo o Brasil a olho nu (Toru Hanai/Reuters)

Para quem gosta de observar a lua, vai aí um anúncio importante: a superlua que ocorre hoje, 11, é a última do ano de 2022. Visível de todo o Brasil a olho nu, o satélite natural da Terra estará mais brilhante que o comum graças ao "perigeu", ponto mais próximo do planeta.

De acordo com a NASA, esta será a terceira (e última) superlua do ano, conhecida como "Superlua de esturjão". O nome faz referência à época do ano na qual o peixe é encontrado nos Grandes Lagos norte-americanos, especialmente no Canadá e Estados Unidos.

"Como não podemos ver superluas novas (exceto quando a Lua passa na frente do Sol e causa um eclipse), o que chama a atenção do público são as superluas cheias, pois são as maiores e mais brilhantes luas cheias do ano", explica a NASA em nota oficial.

LEIA TAMBÉM: Superlua dos Cervos acontece hoje; veja horário e como assistir

Que horas a ocorre a Superlua?

Fotografia feita durante o fenômeno da Superlua em 2013, em Nova York (Estados Unidos)

Fotografia feita durante o fenômeno da Superlua em 2013, em Nova York (Estados Unidos) (Getty Images/Getty Images)

O fenômeno poderá ser visto em seu ápice a partir das 22h36, no horário de Brasília. Vale destacar que, quando atinge o ponto de maior proximidade da Terra, a Lua chega a aparecer até 17% maior e 30% mais brilhante.

Espera-se, hoje, marés mais altas também.

Como assistir?

A última superlua do ano estará visível no céu de todo o Brasil, mas também terá transmissões ao vivo pelas redes sociais da NASA.

Calendário astronômico de agosto

Meteoros: o documentário trata da fascinação humana pelas rochas. (Sergei Malgavko/Getty Images)

E além da observação do satélite, também será possível — a depender das condições climáticas — ver alguns outros eventos no céu de agosto, como a chuva de meteoros Perseidas, Kappa-Cignídeos e algumas conjunções de planetas com a Lua.

Veja abaixo os próximos eventos:

  • 11/08: última Superlua do ano;
  • 12 e 13/08: Pico da chuva de meteoros Perseidas;
  • 14/08: Saturno em oposição;
  • 15/08: Conjunção entre Júpiter e Lua;
  • 18/08: Pico máximo da chuva de meteoros Kappa-Cignídeos;
  • 19/08: Conjunção entre Marte e Lua;
  • 25/08: Conjunção entre Vênus e Lua;
  • 29/08: Conjunção entre Mercúrio e Lua

LEIA TAMBÉM:

Eclipse Lunar: saiba qual horário e em quais estados será possível ver

Superlua: Entenda o fenômeno que vai acontecer nesta terça-feira

Eclipse com superlua: entenda o fenômeno que vai acontecer nesta quarta

Acompanhe tudo sobre:Chuva de meteorosEstrelasLuaMeteorologiaPlaneta TerraPlanetas

Mais de Pop

Corpus Christi não é feriado nacional; veja onde é ponto facultativo

O ingrediente secreto da "ilha da longevidade" na Grécia

Casas de bilionários vão parar no mar após aumento de erosão em ilha americana

Após ingressos esgotarem, Eric Clapton fará show extra 'intimista' em SP; veja preços

Mais na Exame