Pop

Pedro Pascal ficou milionário com The Last of Us; veja salário do ator

O cachê do ator o equiparou a outros grandes nomes do cinema, tais como Viola Davis, Sarah Jessica Parker e Martin Short

Pedro Pascal: veja o salário do homem do momento (Albert L. Ortega/Getty Images)

Pedro Pascal: veja o salário do homem do momento (Albert L. Ortega/Getty Images)

Luiza Vilela
Luiza Vilela

Repórter de POP e Redatora da Homepage

Publicado em 6 de abril de 2023 às 17h56.

Última atualização em 7 de abril de 2023 às 15h16.

A série The Last of Us levou um público robusto para os canais da HBO nos meses de fevereiro e março. Com nove episódios, o seriado teve recordes de audiência e marcou interesse não só nos fãs dos jogos originais como também nos próprios assinantes do estúdio. E claro, dos fãs do homem do momento: o famoso Pedro Pascal.

Aclamada pela crítica e séria candidata às várias estatuetas do Emmy Awards, The Last of Us teve um protagonismo duplo, composto por Joel (Pascal) e Ellie (Bella Ramsay). No entanto, apesar de ambos estrelarem a história, o salário do ator ficou bastante contrastado com o da atriz mirim: o valor do cachê de Pascal chegou a ser dez vezes maior do que o de Ramsay.

Todo esse dinheiro de The Last of Us, somado ao papel em The Mandalorian, ao comercial da Merge Mansion e ao "frenesi" em torno do artista, levou Pascal ao topo da fama: além de ser o ator mais comentado do momento, ele pode ser também um dos mais bem pagos.

Quanto Pedro Pascal ganhou em The Last of Us?

De acordo com reportagem da Variety, Pedro Pascal (48 anos) recebeu uma média de US$ 600 mil por cada episódio na primeira temporada de The Last of Us ⏤ o equivalente a R$ 3 milhões. Ao final da série, Pascal faturou nada mais nada menos que US$ 5,4 milhões (cerca de R$ 27 milhões).

Bella Ramsay (19 anos), recebeu um valor bem mais singelo. Uma reportagem da Showbiz Galore mostra que a atriz recebeu cerca de US$ 70 mil por episódio, uma média de R$ 350 mil. A soma total, portanto, rendeu à Bella um total de US$ 650 mil (cerca de R$ 3,2 milhões).

Quem é Pedro Pascal?

Com 48 anos e nascido em Santiago (Chile), Pascal teve logo no início da vida um momento decisivo: os pais escaparam do país latino para fugir do regime ditador de Augusto Pinochet. Ele cresceu na Califórnia, e em San Antonio, no Texas, até se formar na universidade de Tisch School of the Arts da Universidade de Nova York (Estados Unidos), com o sonho de se tornar ator

A trajetória de Pedro no cinema era, no início, recheada de participações especiais e filmes do cenário underground. Alguns momentos de tela em Buffy, outro em Law and Order, um personagem em The Goof Wife, uma participação em CSI, nada muito além disso. A verdadeira mudança veio em 2014, quando a HBO viu nele um casamento perfeito para o papel do sedutor Oberyn Martell, em Game of Thrones — na época, uma das séries com a maior audiência e público cativo.

O papel foi tão produtivo que chamou a atenção da 20th Century e, em 2017, ele estrelou como um dos personagens em Kingsman: O Círculo Dourado, sua porta de entrada para a Disney. Foi só em 2019, no entanto, que ele iniciou seu papel como protagonista em The Mandalorian, série de grande sucesso da marca do Mickey, e conquistou seu público cativo: a geração Z e os millennials, os novos 'tiktokers'. E claro, o papel de Joel em The Last of Us, seguindo a mesma premissa de um personagem com mais afinidade paternal, só reforçou esse sucesso.

Os jovens se afeiçoaram ao papel do mascarado mandaloriano e do protetor Joel, mas quando conheceram o ator mais a fundo, forneceram a ele um palco fértil para além da atuação: um 'abre alas' dos famosos mais admirados pela personalidade e pelo ativismo diante de várias causas sociais.

Acompanhe tudo sobre:HBOThe Last of UsSériesSéries americanasJogosJogos online

Mais de Pop

'House of the Dragon': veja as fotos do episódio 2 da 2ª temporada

Perdeu 'Harry Potter' no cinema? Cinemark dá nova chance aos fãs; veja como comprar ingressos

'Divertida Mente 2' tem a maior taxa de abertura no Brasil desde 'Vingadores'; veja os números

Milênios atrás, humanos usavam tubos de lava como abrigos

Mais na Exame