Para Steve Jobs, esta é uma das chaves para o sucesso

O inventor americano, que morreu em 2011, era conhecido por sua visão inovadora e por frases inspiradoras. E Jobs também tinha sua própria opinião de qual é a chave para o sucesso
Jobs: Em uma entrevista, o fundador da Apple relembrou um momento da sua trajetória para exemplificar qual seria o caminho do sucesso (Apple/Divulgação)
Jobs: Em uma entrevista, o fundador da Apple relembrou um momento da sua trajetória para exemplificar qual seria o caminho do sucesso (Apple/Divulgação)
D
Da Redação

Publicado em 21/04/2022 às 16:05.

Última atualização em 29/04/2022 às 10:39.

Muitos empreendedores buscam os melhores caminhos para alcançar o sucesso profissional. Abraçar as oportunidades, os riscos, confiar no seu projeto e trabalhar duro podem ser algumas das chaves para isso. Porém, para Steve Jobs a independência e a autoconfiança em excesso muitas vezes podem atrapalhar o sucesso.

O inventor americano, que morreu em 2011, era conhecido por sua visão inovadora e por frases inspiradoras. E Jobs também tinha sua própria opinião de qual é a chave para o sucesso, segundo artigo Jeff Haden, publicado no portal Inc. 

Em uma entrevista, o fundador da Apple relembrou um momento da sua trajetória para exemplificar qual seria o caminho do sucesso.

“Eu liguei para Bill Hewlett quando eu tinha 12 anos. ‘Oi, eu sou o Steve Jobs. Tenho 12 anos. Sou um estudante do ensino médio. Quero construir um frequencímetro e gostaria de saber se você teria peças extras para me dar’. Ele riu, me deu as peças e um trabalho na Hewlett-Packard durante o verão. Nunca encontrei ninguém que tenha dito não ou desligado o telefone quando eu liguei. Eu apenas fiz perguntas. A maioria das pessoas nunca pega o telefone e liga. A maioria nunca pergunta. Isso é o que separa as pessoas em dois grupos: as que buscam o que querem e as que sonham sobre o que querem".

Com essa fala, Jobs quis mostrar que pedir ajuda e perguntar é o caminho para o sucesso. E ele fez isso, na prática, no inicio da sua trajetória. Quando estava criando o primeiro iPhone, o fundador da Apple andava com o protótipo no bolso para todos os lados, na intenção de testar a durabilidade do aparelho. Ele percebeu que a tela, com revestimento de plástico, riscava com facilidade.

LEIA TAMBÉM:

O inventor poderia simplesmente seguir a sua autoconfiança e tentando resolver o problema sozinho. Em vez disso, Jobs ligou para Wendell Weeks, CEO da Corning Glass, para entender sobre qual o tipo de vidro ele precisava para ter um aparelho de qualidade. 

Entre muita conversa e o poder de persuasão do empresário, Weeks concordou em fornecer um vidro que sua empresa desenvolveu nos anos 1960 para a Apple, mas que nunca tinha entrado em produção.

Anos depois, quando o biógrafo de Steve Jobs visitou Weeks, uma carta do fundador da Apple estava enquadrada: “Não conseguiríamos ter feito isso sem você”.

Admitir a necessidade de ajuda pode fazer muitas pessoas se sentirem fracas ou vulnerareis, mas, na verdade, é o caminho do sucesso. Ao mostrar que admira e confia nas habilidades e talentos de outras pessoas, é possível aprender e conseguir recursos que não estão disponíveis no momento.

Como ninguém faz nada valioso sozinho, buscar ajuda pode ser apenas o primeiro passo para criar relacionamentos de longo prazo e mutuamente benéficos que construam uma base para o sucesso duradouro. Foi esse caminho escolhido por Steve Jobs em sua trajetória para criar uma das maiores empresas do mundo.

LEIA TAMBÉM: