O que Bill Gates, Elon Musk e Tim Cook aprenderam com Steve Jobs

Muitos profissionais, sejam engenheiros de software ou não, buscam inspiração na criatividade e no sucesso de Jobs
Steve Jobs: morte do co-fundador da Apple completou uma década nesta semana. (Kimberly White/Getty Images)
Steve Jobs: morte do co-fundador da Apple completou uma década nesta semana. (Kimberly White/Getty Images)
M
Mariana Martucci

Publicado em 10/10/2021 às 18:33.

Última atualização em 11/10/2021 às 11:48.

A morte de Steve Jobs completou uma década nesta semana. Alguns concorrentes acreditam que seu sucesso se deve também ao cofundador da Apple Tim Cook, Bill Gates e Elon Musk. Muitos profissionais, sejam engenheiros de software ou não, buscam inspiração na criatividade e no sucesso de Jobs. A CNBC listou o que três das principais mentes empresariais de hoje dizem que aprenderam com o mestre da tecnologia:

Bill Gates: 'Ele hipnotizou uma multidão'

Bill Gates e Steve Jobs ainda devem ser os "amigos" mais conhecidos da tecnologia.

Enquanto a Microsoft e a Apple se enfrentaram durante 30 anos, Gates e Jobs tornaram-se amigos. Após a morte de Jobs, Gates postou no Twitter: “Para aqueles que tiveram a sorte de trabalhar com Steve, foi uma honra insanamente grande. Sentirei muita falta."

Desde então, Gates começou a falar sobre o ciúme que sentia de seu rival, especialmente no que se tratava de motivação e discursos em público.

“Ele era um mago em motivar as pessoas”, afirmou Gates durante podcast Armchair Expert. “Eu era um mago menor, então não podia cair sob seus feitiços - mas podia vê-lo enfeitiçando os outros. Eu olhava para as pessoas e elas estavam hipnotizadas.”

Em uma entrevista em setembro de 2019 para o Wall Street Journal, Gates afirmou que Jobs sempre teve um talento natural para chamar atenção do público, mesmo quando lançava um produto nada atraente.

“Steve Jobs sempre foi mais natural [para falar em público]”, disse Gates. “Ele podia falar sobre o que quisesse. Mesmo se não fosse um produto bom, conseguia hipnotizar as pessoas se elas estivessem no auditório.”

Tim Cook: ‘Seus mentores podem deixá-lo preparado, mas não podem deixá-lo pronto’

Pouco antes de sua morte, Jobs entregou as rédeas da Apple para Tim Cook. Mas mesmo Cook, que passou 14 anos aprendendo diretamente com Jobs, diz que não se sentia pronto para substituir seu antecessor.

Em um discurso de graduação em 2019 na Universidade de Stanford, Cook compartilhou uma lição valiosa de seu mentor: “Quatorze anos atrás, Steve subiu neste palco e disse a seus antecessores: 'Seu tempo é limitado, então não o desperdice vivendo a vida de outra pessoa [...] Seus mentores podem deixá-lo preparado, mas não necessariamente vão te deixar pronto'."

Cook descreveu a solidão que sentiu depois que Jobs morreu, dizendo que a experiência o ensinou a distinção real entre estar "preparado" e estar "pronto". Ele avisou aos graduados que quando chegasse a hora de liderar, em qualquer cargo, eles não estariam prontos -- e tudo bem.

“Você não deveria estar”, afirmou Cook. “Encontre a esperança no inesperado. Encontre coragem no desafio. Encontre sua visão na estrada solitária.”

Elon Musk: ‘A capacidade de atrair e motivar ótimas pessoas é crucial’

Na segunda-feira, o cofundador e CEO da Tesla, Elon Musk, postou um desejo: a chance de falar com Jobs, apenas uma vez.

Em um evento do Computer History Museum em 2013, Musk contou que o cofundador do Google, Larry Page, uma vez tentou apresentá-lo a Jobs em uma festa, mas ele foi ignorado.

“Eu tentei falar com ele uma vez em uma festa e ele foi muito rude comigo”, brincou Musk. “Mas eu não acho que fui eu, acho que era normal.”

Musk, que às vezes é comparado a Jobs por suas visões sobre o  futuro, disse em uma entrevista de 2018 para o Autobild.tv que há muito tempo admirava Jobs. Sua capacidade de desenvolver a Apple atraindo os melhores talentos e ganhando a lealdade dos funcionários é algo que Musk disse que tenta fazer na Tesla.

“A capacidade de atrair e motivar grandes pessoas é fundamental para o sucesso de uma empresa, porque uma empresa é apenas um grupo de pessoas que são montadas para criar um produto ou serviço”, explicou Musk, observando que, às vezes, as pessoas podem esquecer esta “verdade elementar " dos negócios.

Está na hora de sair do emprego ou vale a pena continuar? Invista na sua carreira. Assine a EXAME.