Pop

Martin Luther King pagou pelo parto de Julia Roberts? Atriz revela história verdadeira

Julia Roberts nasceu em outubro de 1967, um ano antes do assassinato de Martin Luther King, que aconteceu em abril de 1968

Julia Roberts: descubra a verdadeira história por trás do parto da atriz (Arnold Jerocki/WireImage/Getty Images)

Julia Roberts: descubra a verdadeira história por trás do parto da atriz (Arnold Jerocki/WireImage/Getty Images)

Luiza Vilela
Luiza Vilela

Repórter de POP e Redatora da Homepage

Publicado em 21 de maio de 2024 às 16h05.

Na última segunda-feira, 20, uma história sobre a atriz Julia Roberts lotou a internet de memes. Os rumores diziam que Martin Luther King, ativista do movimento negro assassinado em 1968, teria pago pelo parto que trouxe Roberts para o mundo.

Acontece que, apesar da história parecer uma tremenda teoria da conspiração, ela é verdadeira — e foi confirmada pela atriz em 2022. 

"I have a dream", de Martin Luther King, completa 50 anos

Entenda a história

Os pais de Roberts eram bastante próximos de Martin Luther King e sua esposa, Coretta Scott King"Meus pais tinham uma escola de teatro em Atlanta e, num dia, Coretta ligou para minha mãe perguntando se seus filhos poderiam fazer parte da escola, porque eles estavam tendo dificuldade em encontrar um lugar que aceitasse as crianças", contou a atriz em entrevista ao jornalista Gayle King.

Era raro que pessoas brancas e pretas frequentassem o mesmo espaço nas décadas de 1930, 1940 e 1950, nos Estados Unidos. Mesmo assim, os filhos do casal foram aceitos de prontidão na escola, o que estabeleceu uma amizade de anos entre os pais de Julia Roberts e o casal King.

Como Julia Roberts gasta sua fortuna de US$ 250 milhões?

Anos mais tarde, quando a mãe da atriz ficou grávida, o ativista e sua esposa resolveram retribuir a ajuda que tiveram quando seus filhos entraram na escola de teatro e pagaram as contas do hospital assim que Julia nasceu.

"Isso aconteceu, obviamente, porque meus pais não conseguiriam pagar pelo meu parto", disse a atriz na entrevista. “Conheço bem a história”, acrescentou ela, “mas é comovente para mim ser lembrada da generosidade e influência de meus pais”.

Reconhecimento da família de Martin Luther King

Apesar de ter tomado a internet nos últimos dias, a história já foi contada outras vezes em entrevistas aos jornais norte-americanos. A filha mais velha de Martin Luther King, Yolanda King, que se tornou atriz e ativista, chegou a revelar como foram os tempos na escola à Network, em 2001.

"O Sr. Roberts era tão imponente. Eu o amava, mas também me sentia um pouco intimidada por ele", disse Yolanda King. “Ele me ensinou muito, e ele e a Sra. Roberts, sobre o trabalho, e sobre como viver e ser realmente aberto, agarrar a vida e tirar o melhor proveito dela.”

Ela revelou, ainda, que conheceu Julia Roberts no final década de 1960, na própria escola. "Todas essas crianças negras e brancas se dando bem, sem problemas”, disse King. “Não tivemos nenhum problema racial”.

Acompanhe tudo sobre:Julia RobertsAtores e atrizesCinemaNegros

Mais de Pop

Airbnb cria hospedagem temática de 'Divertida Mente 2'; veja como reservar

Influenciadora descobre traição por app de comida e compartilha na internet; saiba como

Com camisa do Messi, 'Homem-Aranha' da internet escala prédio de 30 andares na Argentina; veja vídeo

Por que a franquia de Power Rangers pode chegar ao fim após 30 anos no ar

Mais na Exame