Empresa paga R$ 10 mil para quem conviver com 100 baratas

A Pest Informer, empresa de controle de pragas, está oferecendo US$ 2.000, cerca de R$ 10,3 mil em conversão direta, para quem aceitar conviver com 100 baratas por 30 dias
Baratas: A intenção da empresa é testar métodos diferenciados de controle de insetos (Paul Starosta/Getty Images)
Baratas: A intenção da empresa é testar métodos diferenciados de controle de insetos (Paul Starosta/Getty Images)
D
Da Redação

Publicado em 20/06/2022 às 10:34.

Última atualização em 20/06/2022 às 10:51.

Baratas causam calafrios na maioria das pessoas. Seja por medo ou nojo, pessoas buscam formas para não encontrar nenhuma barata em sua casa. Uma empresa, porém, anunciou que vai oferecer dinheiro para quem aceitar conviver esses insetos.

A Pest Informer, empresa americana de controle de pragas, está oferecendo US$ 2.000, cerca de R$ 10,3 mil em conversão direta, para os corajosos que aceitem a conviver com 100 baratas por 30 dias.

A intenção da empresa é testar métodos diferenciados de controle de insetos. Em comunicado, a Pest Informer explica que caso as novas técnicas não funcionem, maneiras tradicionais serão utilizados para librar a casa das baratas. Todos os métodos são seguros para pessoas e seus animais de estimação.

Uma das condições para participar do experimento inusitado será não interferir no estudo da empresa. Quem aceitar o desafio terá que tolerar a convivência diária com as baratas. “Você não deve tentar nenhum tratamento adicional durante o estudo”, reforça a nota da empresa. 

As inscrições do programa da Pest Informer vão até dia 31 de julho. Somente maiores de 21 anos podem participar e é necessário ser proprietário do imóvel. Caso seja inquilino, é necessário apresentar uma declaração formal do dono da casa autorizando o estudo. Apenas pessoas que moram nos Estados Unidos podem participar dos testes.

As baratas vivem em locais como esgotos, ralos e lixos, onde se alimentam de detritos. Existem mais de quatro mil espécies de baratas pelo mundo e o inseto pode ter até 13 cm e voar. Resistente, a barata pode viver uma semana sem beber água ou sem cabeça e até um mês sem se alimentar. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Barata é um agente transmissor de doenças causadas por bactérias, como a furunculose, lepra, tuberculose, poliomielite e diarreia.

LEIA TAMBÉM:

Os 10 melhores filmes originais Netflix, segundo o IMDB