Acompanhe:

Nesta semana, ocorre o pico da última chuva de meteoros visível no Brasil neste ano, conhecida como Gemínidas.

Durante esse período, os meteoros entram na atmosfera terrestre a uma velocidade surpreendente de 260 mil km/h, criando um espetáculo luminoso no céu, assemelhando-se a uma chuva de estrelas cadentes.

Essa chuva de meteoros é uma das que apresenta a maior taxa de ocorrência por hora. A capacidade de visualização desse fenômeno a olho nu varia de acordo com as condições climáticas específicas de cada região.

Como assistir à chuva de meteoros?

Para quem estiver interessado em assistir à chuva de meteoros, é necessário estar em uma área de baixa luminosidade artificial, longe das luzes da cidade, e com um céu limpo e sem nuvens. Para ter uma boa visão do fenômeno, o recomendável é deitar e permitir que seus olhos se adaptem à escuridão. O local não pode ter iluminação artificial.

Por outro lado, quem não conseguir contemplar a aparição dos meteoros pelo modo natural pode observar pela internet. Existem aplicativos que permitem apontar o celular para o céu e identificar a direção da constelação de Gêmeos ou da chuva de meteoros.

Que horas é a chuva de meteoros hoje?

Embora o início da chuva de meteoros já tenha ocorrido, o período de maior visibilidade está programado para a noite de quinta-feira, 14. No entanto, a visão do fenômeno também foi possível nesta quarta-feira, 13.

O fenômeno está previsto para acontecer por volta das 22h30 ou 23h. Segundo os especialistas, o momento é ideal para observar a constelação de Gêmeos (o que justifica o nome "Gemínidas") na direção nordeste, dependendo das condições atmosféricas e do local de observação.

Por que ocorrem chuvas de meteoros?

A Gemínidas ocorre anualmente na Terra, geralmente por volta de meados de dezembro, quando o planeta cruza a órbita do asteroide 3200 Phaeton. Nessa região, há uma grande quantidade de pequenas rochas e detritos provenientes do referido asteroide.

Ao adentrar essa área, os destroços do asteroide atravessam a atmosfera terrestre. Em um céu limpo, é possível observar até 120 "estrelas cadentes" por hora durante o pico do fenômeno, olhando na direção da constelação de Gêmeos.

Geralmente, as chuvas de meteoros ocorrem quando o número delas aumenta significativamente. Elas acontecem em intervalos regulares quando a Terra passa por rotas de detritos espaciais.

Embora o planeta seja constantemente atingido por pequenos meteoroides e poeira espacial, meteoros grandes, do tamanho de um carro, entram na atmosfera cerca de uma vez por ano, formando bolas de fogo impressionantes que se desintegram antes de atingir o solo. A cada 2.000 anos, aproximadamente, um meteoro do tamanho de um campo de futebol colide com a Terra, causando danos significativos.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Como ver a chuva de meteoros Úrsidas? Fenômeno terá pico nessa semana; veja horário
Pop

Como ver a chuva de meteoros Úrsidas? Fenômeno terá pico nessa semana; veja horário

Há 4 meses

Chuva de meteoros Gemínidas acontece hoje e amanhã no Brasil; veja horário e como assistir
Pop

Chuva de meteoros Gemínidas acontece hoje e amanhã no Brasil; veja horário e como assistir

Há 4 meses

Meteoro ou lixo espacial? Luzes misteriosas são vistas no céu no interior de SP; veja vídeo
Pop

Meteoro ou lixo espacial? Luzes misteriosas são vistas no céu no interior de SP; veja vídeo

Há 10 meses

Cometa que passa a cada 50 mil anos será mais visível no sábado; saiba como observar
Ciência

Cometa que passa a cada 50 mil anos será mais visível no sábado; saiba como observar

Há um ano

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais