Praticidade tem seu preço: taxa do WhatsApp é a mais alta do mercado 

Levantamento feito pela Exame aponta que para pessoa jurídica, no débito, a taxa de transação é a mais alta no país

WhatsApp liberou no início desta semana o serviço de pagamentos no país. Por meio do WhatsApp Pay, será possível enviar dinheiro para contatos ou empresas por meio do aplicativo, que funcionará a partir dos cartões de crédito ou débito cadastrados no Facebook Pay.

Para as pessoas físicas, o serviço de pagamentos será gratuito. Os usuários podem transferir até 1.000 reais por vez e receber até 20 transações por dia, com um limite de 5.000 reais. 

Já para as pessoas jurídicas, não há limite de valores, mas todas as transações têm taxa fixa de 3,99%, tanto no débito quanto no crédito.  Na função débito, é a taxa mais alta cobrada pelo mercado, segundo um levantamento realizado pela Exame (veja mais na tabela abaixo).

A processadora responsável pelos transações do WhatsApp Pay é a Cielo. A taxa de 3,99% chega a ser superior ao percentual cobrados nas próprias maquininhas da empresa, de 2,39% no débito. Já na função crédito, a taxa cobrada nas maquininhas é maior, de 4,99%. Procurada pela Exame, a Cielo não se pronunciou.

 

Além da Cielo, Exame procurou a Rede, Pagseguro, Stone, C6 Bank, Safrapay, Mercado Pago e Getnet.  

Ao analisar as taxas cobradas no débito, as mais baratas estão C6 Bank com taxa de 1,85% seguido pelo SafraPay, com 1,88%. A maioria cobra 1,99%. A exceção é a Getnet, com taxa de 2%.  Na cobrança crédito, as taxas são mais altas e variam de 2,99% até 5,59%. Veja tabela abaixo: 

Empresa Taxa cobrada no débito Taxa cobrada no crédito
Rede 1,99% 3,49%
PagSeguro 1,99% 5,59%
Stone 1,99% 4,98%
C6 Bank 1,85% 3,89%
SafraPay 1,88% 2,99%
Getnet 2% 2%
Mercado Pago 1,99% 4,74%

*Exame considerou as taxas cobradas no crédito à vista. 

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.