Governo de Pernambuco abre espaço para pequenos negócios

Programa insere empresas do segmento no mercado de compras governamentais

Recife - A média de participação das micro e pequenas empresas no volume total de compras do governo de Recife foi de 10,7% entre 2008 e 2011, segundo dados do sistema de pregão eletrônico de Pernambuco. Em 2012, esse índice subiu para 14%. Neste ano, a meta é ampliar esse número para 25%.

O primeiro passo para atingir esse objetivo foi dado nessa terça-feira (2), em Olinda, no lançamento do Programa Governo Cliente. A iniciativa visa a aumentar a participação das microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais (MEI) nas licitações públicas estaduais, de modo a contribuir para o desenvolvimento socioeconômico da região.

“Os governos precisam ter bons produtos, porque quem vai consumir é o poder público ou a sociedade”, afirmou o superintendente do Sebrae em Pernambuco, Roberto Castelo Branco, na solenidade de abertura do evento.

“Essa iniciativa possibilita que os pequenos negócios possam fornecer para o poder público. E o Sebrae tem a grande oportunidade de qualificar essas empresas para que elas possam participar com sustentabilidade desses processos.

O objetivo é que elas ganhem os editais, participem e cresçam”, completou o superintendente. “É preciso comprar bem. Precisamos ter fornecedores de qualidade. E é aí que entram o Sebrae e o Sistema S”, disse Antônio Carlos Maranhão, da Secretaria de Trabalho, Qualificação e Emprego.

O programa é constituído por três eixos: licitações acessíveis, fornecedor qualificado e crédito facilitado. A capacitação de servidores públicos e a simplificação e otimização de processos será promovida pela Secretaria de Administração (SAD).

Já o Sebrae em Pernambuco e a Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo (STQE) capacitarão fornecedores para o atendimento às demandas do poder público estadual e a Agência de Fomento do Estado de Pernambuco (Agefepe) disponibilizará linhas de crédito para gerar condições necessárias ao atendimento das demandas de compras.

Entre os efeitos positivos do programa está a redução dos gastos e otimização dos processos do poder público, acesso facilitado dos pequenos negócios a um mercado amplo e atrativo, proporcionando mais oportunidades de negócios para as empresas da região, além da geração de empregos e distribuição de renda mais equilibrada.

A iniciativa busca ainda impulsionar a competitividade das micro e pequenas empresas e expandir as vendas para outros estados, além de contribuir para o desenvolvimento local, mantendo mais recursos no estado, aquecendo a economia.

O programa Governo Cliente será lançado também nas cidades de Caruaru, no dia 28 de julho, e em Serra Talhada, no dia 1º de agosto.

Serviço:

Lançamento do Programa Governo Cliente – Caruaru
Dia 18 de julho, às 9h
Local: Rua Armando da Fonte, n.º 15, 2º andar, Maurício de Nassau

Lançamento do Programa Governo Cliente – Serra Talhada
Dia 1º de Agosto, às 9h
Local: Hotel São Cristóvão - Avenida João Gomes de Lucena, n.º 3478, São Cristovão

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.